Uncategorized

Ludhmila descartada, Bolsonaro
tenta convencer Marcelo Queiroga


Primeira tentativa do presidente para substituir ministro Eduardo Pazuello fracassou. Médica Ludhmila Najjar não aceitou assumir o posto por falta de ‘convergência técnica’ com Bolsonaro.

O presidente Jair Bolsonaro iniciou na tarde desta segunda-feira (15) no Palácio do Planalto uma reunião com o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o médico Marcelo Queiroga, cotado para substituir Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde.

Mais cedo, a médica Ludhmila Hajjar informou ao presidente que não aceitaria convite para assumir o ministério. Ela teve uma reunião com Bolsonaro neste domingo (14) e se queixou de ter sido alvo de ataques e ameaças, supostamente de militantes bolsonaristas. “Não houve convergência técnica entre nós”, disse a médica.

Comente