Uncategorized

BC decide subir juros para 2,75% ao ano, a primeira alta desde 2015


Depois de quase seis anos, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central decidiu hoje, por unanimidade, elevar a taxa básica de juros da economia (Selic) em 0,75 ponto percentual, para 2,75% ao ano. É a primeira vez que os juros sobem desde julho de 2015, quando a Selic passou de 13,75% para 14,25% ao ano.

O BC também deixou em aberto a possibilidade de um novo aumento da mesma magnitude na próxima reunião, marcada para daqui 45 dias. Se a previsão se cumprir, os juros básicos da economia saltarão para 3,50% ao ano, o maior patamar desde maio do ano passado (3,75%).

Os juros estavam em seu patamar mínimo histórico — 2% ao ano — desde agosto do ano passado, ainda na esteira das preocupações sobre os efeitos da pandemia da covid-19 no Brasil e no mundo. Foram quatro reuniões do Copom sem alterações na Selic até o reajuste anunciado hoje. O BC avalia que indicadores divulgados recentemente — em particular, o PIB (Produto Interno Bruto) do quarto trimestre de 2020 — indicam recuperação “consistente” da economia, mas ainda não representam os efeitos da explosão no número de casos e mortes causadas pela covid-19, com sistemas de saúde em todo o país entrando em colapso.

Comente