Uncategorized

Pazuello no exterior


Eduardo Pazuello já tem seus próximos passos traçados. Ele deverá voltar aos quadros do Exército, de onde se licenciou em maio do ano passado para assumir, primeiro interinamente o cargo no governo, passaria ainda por um período na ativa em seguida, iria para a reserva, com a promessa de ser nomeado para um cargo no exterior.

Sua demissão e passagem para a reserva são aguardadas pelo Exército há meses. Várias vezes oficiais fizeram chegar ao ex-ministro o desejo do Alto Comando de que ele passasse para a reserva. O general sempre resistiu, ignorando a opinião generalizada que sua permanência no cargo e no Exército era fonte do aumento do desgaste da imagem da Força.

O fato de ter levado para sua equipe direta mais de 20 militares aumentaram o desconforto em relação ao general em muitas ocasiões, chegava a trabalhar vestido com a farda camuflada. Sem falar em situações quando aparecia ao lado de Jair Bolsonaro dizendo que sua função era obedecer. Pazuello se tornou alvo de piadas e críticas no país e no exterior.

Comente