Uncategorized

Empresários defendem a cloroquina
e recebem resposta de Huçulak


Enquanto grupos de médicos privados e empresários curitibanos defendem publicamente o tratamento precoce contra covid19. repetindo o discurso de Jair Bolsonaro, a secretária da Saúde de Curitiba, Marcia Huçulak, publica em suas redes sociais que ‘O único tratamento precoce contra a Covid-19 é a vacina’

Os empresários, políticos e até mesmo médicos em Curitiba defendem a fórmula bolsonarista desmoralizada em todo o planeta. Incrível pensar que médicos estejam envolvidos nessa campanha de defesa do tratamento precoce, a despeito da inexistência de comprovação científica sobre a eficácia de medicamentos como cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina ou azitromicina.

A postagem da secretária Huçulak é direta. Traz a imagem do “Zé Gotinha”, símbolo da vacinação no Brasil, segurando uma placa com os dizeres “o único tratamento precoce contra a Covid-19 é a vacina”. Para encerrar a polêmica ela lembra Carl Sagan. “Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar”.

2 Comentários

  1. Antonio Pereira Responder

    Já que o PR Bolsonaro patenteou o ERRO e as FALHAS, sendo seu único dono, VAMOS deixá-lo à margem e DESTACAR
    O QUE REALMENTE IMPORTA (sem fanatismos e ressentimentos):
    Enquanto grupos de médicos e empresários curitibanos defendem o tratamento precoce, a Secretária Municipal da Saúde,
    Marcia Huçulak, vai na contramão ao publicar que o “único tratamento precoce contra a Covid-19 é a vacina”. A educação
    nos faz respeitar; o que fica longe de concordância.
    “A desmoralidade da tal fórmula em todo planeta”, não me parece tão real haja visto sua contestação cada
    dia maior indo ao encontro dos resultados (não tão positivos como esperados) dos frequentes lockdows.
    Dona Huçulak poderia nos dizer o que já fez para que fosse aumentado o nº de ônibus em Curitiba, desde o início da pandemia,
    em vez de ser reduzido gerando maior lucro aos empresários que foram $ocorridos pelo governo.
    Ela poderia começar uma campanha para que seja divulgado o total diário de óbitos por acidente de trânsito,
    outras doenças ou causas naturais. Da mesma forma, o total diário deste e dos últimos anos.
    Certo de que nenhuma autoridade fará isso, mas que os dados seriam interessantes, seriam…., pois desde o ano passado
    só se morre de Covid-19.
    Por enquanto, não vejo muita razão para mudar em quem acreditar, dona Márcia e Sr. Rafael.

Comente