Uncategorized

Militares dizem que centrão está aumentando preço do aluguel


Diversos militares que foram surpreendidos pelo anúncio da saída do general Fernando Azevedo e Silva do Ministério da Defesa disseram que o governo está abrindo um precedente perigoso ao abrir de vez a Esplanada dos Ministérios para indicados políticos. Nas palavras de um militar de alta patente, o “Centrão não vende apoio, ele aluga. E está aumentando o aluguel”.

Mais cedo, os parlamentares já tinham conseguido forçar a saída do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. No meio da tarde desta segunda-feira, porém, o anúncio da saída de Azevedo veio com a confirmação de auxiliares do presidente de que ele anunciará em breve uma dança das cadeiras. As mudanças teriam como objetivo atender o apetite do centrão por mais cargos.

Nessa dança das cadeiras, é provável que algum dos ministros palacianos seja deslocado para a Defesa: provavelmente o atual ministro da Casa Civil, general Braga Netto. A ideia é abrir a Secretaria de Governo, hoje sob o comando do general Luiz Eduardo Ramos, para um indicado político. Se a opção for essa, Se a opção for essa, Ramos deve migrar para a Casa Civil. Os nomes favoritos no Palácio do Planalto para assumir a coordenação política são o do ministro das Comunicações, deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), e do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR)..

Comente