Uncategorized

“TEMOS QUE ATINGIR UM MILHÃO DE MORTOS PARA CHEGARMOS ONDE BOLSONARO QUER?”
Gonzalo Vecina Neto, infectologista, fundador da ANVISA Crédit

2 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    Mole, mole. A continuar a média de 3.000 por dia, em dezembro, celebraremos, junto com o Natal, a milionésima morte dum-a brasileiro-a. Quem viver, verá.

  2. Mas previsão tão catastrófica é bem viável, com a velocidade que a vacinação está acontecendo este milhão de mortos chega logo. Peço a Deus que o infectologista esteja errado.

Comente