Uncategorized

Justiça Federal de Curitiba condena Duque e confisca R$ 69 milhões


Para demonstrar que está ativa e operante, a Justiça Federal de Curitiba condena e confisca R$ 69 milhões. O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, indicado pelo PT, sofreu nova condenação na Lava Jato. O juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que um dia foi do ex-juiz Sergio Moro, o condenou a mais três anos de prisão por lavagem de dinheiro e teve confiscados R$ 69 milhões, que matinha em offshores com contas em Mônaco. Com informações de O Antagonista.

No processo, Duque confessou que usava as empresas Milzart Overseas Holdings INC e Pamore Assets INC para guardar dinheiro de propina que recebeu em contratos da estatal. “Eram proveniente de contratos da Petrobras com relação a diversas obras da empresa. Como eu disse pro senhor [Bonat], eu não sei discriminar efetivamente o depósito contra quem estava efetuando o depósito. Mas a origem era de valores oriundos de obras da Petrobras”, disse, em depoimento.

Na sentença, o juiz federal Luiz Antonio Bonat determinou a devolução do dinheiro para a Petrobras.

Comente