Uncategorized

Os refugiados do Covid19


Governadores de estados em área de fronteira têm reivindicado ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o envio de um número maior de vacinas. O motivo é o crescente fluxo de refugiados, que tem entrado no país em busca de atendimento médico e imunização.

É o caso da fronteira com o Paraguai em Foz do Iguaçu. Se no Brasil temos insuficiência de vacinas, no Paraguai a situação é ainda pior. O governo do presidente Mário Abdo comprou um lote exíguo de vacinas, que mal deu para imunizar a turma do governo, seus familiares e amigos próximos. O povo, bem, o povo que se dane.

Para buscar vacina e assistência médica, os brasiguaios e paraguaios invadem Foz do Iguaçu, que não tem estrutura hospitalar suficiente nem mesmo para a cidade. Outro ponto crítico é a fronteira com a Venezuela, em Roraima.

Comente