Uncategorized

Bolsonaro sobrevoa ato marcado
por pedidos de intervenção militar

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro fez um sobrevoo de helicóptero sobre uma manifestação realizada neste sábado em Brasília de apoio ao seu governo e com pedidos de intervenção militar e “expurgos” nos Poderes Legislativo e Judiciário. Seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ainda compareceu ao ato para cumprimentar manifestantes. Atos semelhantes também foram realizados em outras capitais do Brasil.

Durante a manifestação, o slogan repetido pelos militantes era a frase “eu autorizo”, em alusão a uma suposta “autorização” para o presidente acionar as Forças Armadas e deflagrar uma intervenção militar –o que seria inconstitucional.

A manifestação em Brasília começou no início da manhã com concentração próxima ao Museu da República, a pouco mais de um quilômetro do Palácio do Planalto. Os manifestantes fizeram uma carreata ao longo da Esplanada dos Ministérios e se concentraram em um gramado próximo ao Congresso Nacional. Por volta das 10h, Bolsonaro sobrevoou o local e foi cumprimentado pelos manifestantes. Um voo de dentro do helicóptero circulou entre apoiadores do presidente. O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Augusto Heleno também estava dentro da aeronave.

Ao longo do ato, militantes exibiam cartazes pedindo intervenção militar e expurgos (cassações) de deputados, senadores e de membros do Poder Judiciário. Também empunhavam bandeiras de apoio ao governo de Bolsonaro.

A realização de atos antidemocráticos já é alvo de inquérito em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). A apuração teve início com uma manifestação realizada em 19 de abril de 2020 em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília, à qual Bolsonaro chegou a comparecer e discursar. Era o início da pandemia da Covid-19.

A manifestação deste sábado contou com a participação da deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC), que é uma das investigadas no inquérito dos atos antidemocráticos. Caroline chegou a realizar uma transmissão ao vivo do evento em redes sociais.

O secretário especial da Pesca, Jorge Seif, um dos mais próximos auxiliares de Bolsonaro, participou da manifestação. Em rede social, ele fez transmissão ao vivo dos apoiadores e filmou o helicóptero sobrevoando a Esplanada.

Comente