Uncategorized

Liberdade de imprensa significa democracia, diz Romanelli

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta segunda-feira, 3, Dia Mundial de Liberdade de Imprensa, que o trabalho jornalístico é fundamental para a sociedade e à democracia, sem amarras e sem censura, e defendeu respeito aos profissionais de comunicação.

“A imprensa é um dos pilares do Estado Democrático de Direito e um direito basilar da nossa constituição. Você pode não concordar com o noticiário, com as opiniões, mas isso não dá a ninguém o direito de atacar a liberdade de imprensa e de expressão. Esse é um ataque à própria democracia. Se houver abuso ou ofensa, há meios legais para pedir correção ou retratação”, avalia Romanelli.

O parlamentar ressalta que nos últimos anos o Brasil experimentou nítido patrulhamento sobre a atuação de comunicadores e veículos de comunicação. Romanelli cita que os ataques à liberdade de imprensa mais que dobraram no ano passado, de acordo com a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio de Televisão. Foram 150 casos, número 67% maior que em 2019.

A imprensa cumpre papel essencial, diz o deputado, de monitoramento, e também de fiscalização, do cotidiano para dar publicidade dos acontecimentos à sociedade. “Ser crítico, nem sempre é ser contra. A boa crítica ajuda a construir, ajuda a melhorar. É saudável a existência da oposição, do contraditório. É com base nisso que vamos construir uma sociedade cada vez mais democrática”.

Comente