Uncategorized

Vacinas para grávidas e pessoas com comorbidades distribuídas hoje


Lote de vacinas para grávidas e pessoas com comorbidades será distribuído na terça Com a nova remessa de vacinas recebidas na manhã desta segunda-feira, o Paraná dará início a imunização contra a Covid-19 de pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, grávidas e mulheres que deram à luz recentemente. Foram enviadas pelo Ministério da Saúde ao Estado 391.500 doses da AstraZeneca/Fiocruz, que somadas às 14.600 unidades da Coronavac/Butantan, totalizam 406.100 doses disponíveis para aplicação na população paranaense. As vacinas compõem o 16° lote encaminhado ao Estado.

Elas serão distribuídas nesta terça-feira para as 22 Regionais que integram a rede de saúde do Paraná. Do quantitativo de vacinas AstraZeneca/Fiocruz, são 235.991 doses para aplicação em pessoas com comorbidades, gestantes e mulheres que deram à luz recentemente, além de pessoas com deficiências permanente grave. O Paraná estima 1.729.359 pessoas inclusas nesses segmentos. Do lote da Covishield, também serão 116.269 imunizantes para continuar a vacinação de primeira dose de pessoas com 60 a 64 anos. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, todas as gestantes podem ser vacinadas nesta etapa. As puérperas, apenas, que apresentam comorbidades.

As pessoas com Síndrome de Down, com doença renal crônica, gestantes e que deram à luz recentemente serão vacinadas independentemente da idade, enquanto a vacinação daquelas com comorbidades ou deficiência permanente severa, nesse primeiro momento, alcançará apenas aqueles que têm entre 55 e 59 anos, depois de 50 a 54 anos, e assim por diante. As pessoas com comorbidades terão que comprovar a doença para receber a vacina. Segundo o Plano Nacional de Imunização, o cidadão que tiver câncer, for transplantado ou imunossuprimido só poderá ser vacinado com a prescrição médica. No caso de quem já faz acompanhamento médico no SUS, as informações constam no prontuário do paciente. Os outros integrantes do grupo podem apresentar exames, receita ou atestado médico, além do Formulário criado e disponibilizado no Portal do Conselho Regional de Medicina, preenchido pelo médico assistente.// SONORA BETO PRETO.// As unidades da Coronavac/Butantan serão destinadas para 2.747 primeiras doses em profissionais da segurança pública e salvamento, além das Forças Armadas. Também serão aplicadas 8.103 segundas doses em trabalhadores de saúde e 2.339 doses em profissionais da segurança pública e salvamento.

Comente