Tag

água

Browsing

beto-richa-agua

O governador Beto Richa e o presidente da Sanepar, Mounir Mounir Chaowiche, fizeram nesta terça-feira, 3, a igação de água de número 3 milhões na casa do aposentado Silvério Kissilevitech, na Vila Fanny, em Curitiba. “Desde 2011, a Sanepar investiu R$ 3,3 bilhões em obras de ampliação e melhoria do sistema de saneamento do Paraná”, disse Richa.

“Tratamos a questão do saneamento com muita responsabilidade, tanto que a Sanepar é reconhecida como a melhor companhia de água e saneamento do Brasil. Entre as vinte cidades com o melhor saneamento do País, cinco estão no Paraná. Curitiba é a capital brasileira com o melhor índice de saneamento”, afirmou ele.

Foto: André Coelho / Agência O Globo
dilma2 - André Coelho - o globo

Do Noblat:

Sabe por que Dilma Rousseff foi impiedosamente derrotada em São Paulo pelo dilatado placar de 64% dos votos contra 25,8%? Porque a imprensa não noticiou direito a crise da falta de água no Estado.

Abismado com tamanha asneira? Queixe-ser ao bispo.

A autora da asneira foi a presidente reeleita Dilma Rousseff durante em entrevista, ontem à noite, à TV Record.

Não, ela não corou quando disse isso. Nem pareceu acanhada. Enfrentou alguma dificuldade para se expressar, mas nada de excepcional. O de costume.

Há mais de três meses que a falta de água é notícia diária na imprensa paulista. E também fora dali. Certamente não foi disso que Dilma se queixou.

De Cícero Cattani:

O senador Roberto Requião, candidato do PMDB ao governo do Paraná, está martelando na televisão uma promessa: vai congelar a água e a luz dos paranaenses nos próximos quatro anos. A ideia é tentadora. Quem não gostaria, em um país com inflação na casa dos 6,5% anuais, de passar quatro anos com essas tarifas congeladas?

Dá para comprar o que Requião vende pelo valor de face? Quem votou no senador em 2002 e o elegeu governador e o reelegeu em 2006 acreditando na promessa que ele iria abaixar ou acabar com o pedágio está esperando até hoje que esse prodígio se realize.

O pedágio não só não abaixou nem acabou como Requião produziu uma mágica besta. Em 2004, para obter uma redução de 30% na tarifa, assinou um acordo com a Ecocataratas, do seu candidato ao Senado, Marcelo Almeida, abrindo mão da duplicação da BR-277 no trecho Guarapuava-Foz do Iguaçu.

Lula, Dilma, Porto Alegre, água, palestra, ex-presidente

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Durante ato pelos dez anos de governo do PT, anteontem em Porto Alegre, Lula discursava quando quis tomar água, mas não encontrou garrafas no palanque.

Brincando, virou-se para Dilma Rousseff, que estava sentada à mesa de autoridades, e disse no microfone:

— Dilma, você se cuide, porque um dia você também vai ser ex-presidente. Quando eu era presidente, só faltava me afogar de tanta água que me davam… Agora vou trazer minha própria garrafinha!

Dilma caiu na gargalhada e se serviu de água, que estava à sua disposição.