Tag

ajustes fiscais

Browsing

brasilia2 votação

Com o refrão “O PT pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão”, acompanhado de um panelaço, a oposição repudiou ontem a aprovação, na Câmara dos Deputados, da medida provisória que muda regras de acesso ao seguro-desemprego e abono salarial. Foram 252 votos a 227. Também foi rejeitado o destaque que estendia o seguro-desemprego a todos os trabalhadores rurais avulsos. Nesta quinta-feira, 7, os deputados vão votar outros destaques que podem modificar o texto. A MP aprovada faz parte do pacote criado pelo governo Dilma Rousseff para tentar acertar as contas públicas.

Foto: Robson Gonçalves sandro alex222

O deputado federal Sandro Alex (PPS-PR) apontou a contradição do PT e do governo Dilma no Parlamento sobre o pacote de ajuste fiscal. Segundo ele, na contramão do que sempre pregou na sua história, o partido fecha questão em plenário pela votação do pacote de ajustes fiscais que visam reduzir direitos dos trabalhadores, ao mesmo tempo em que põe no ar um programa defendendo leis trabalhistas.

As Medidas Provisórias 664 e 665 dificultam o acesso aos seguros-desemprego e defeso, pensão por morte, auxílio-doença, abono salarial, dentre outras medidas.

“Este é o PT e suas contradições. O partido defende uma coisa e pratica outra. Vota a favor da retirada de direitos dos trabalhadores, que diz defender. Só com as mudanças no seguro-desemprego, mais de dez milhões de trabalhadores serão atingidos. Tudo isso é feito para tirar o governo do buraco, da crise gerada, em grande parte, pela incompetência e pela corrupção”, disse.