Tag

alep

Browsing

O deputado federal Valdir Rossoni anunciou hoje (26) que o secretário geral do PSDB-PR, deputado Ademar Traiano, será o responsável pelo partido durante o período de organização e realização da convenção do diretório estadual.

Depois de oito anos no comando do partido e dois anos na vice-presidência, Rossoni deu como completa sua missão. “Acredito que cumpri meu papel na presidência do PSDB-PR e agora o partido se prepara para um novo ciclo que inicia após a convenção, em junho”, disse Rossoni, que foi presidente do PSDB-PR de março de 2005 a abril de 2011; vice-presidente de abril de 2011 a abril de 2013 e novamente presidente de maio de 2013 a abril de 2015.

Rossoni declarou também que apoia Traiano para sucedê-lo na presidência do PSDB-PR. A eleição da nova diretoria do partido para a gestão 2015/2017 acontecerá durante a convenção estadual, que será realizada no dia 14 de junho.

Em vídeo postado nas redes sociais, o governo explica que o pagamento dos benefícios aos inativos e aposentados continua da mesma forma e que vai continua arcando, mensalmente, com R$ 380 milhões ao sistema previdenciário. O governo vai fazer ainda o aporte de R$ 1 bilhão a partir de 2021 com o reinício de repasse dos royalties da usina de Itaipu.

justus2

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa aprovou ontem (quinta-feira, 23), por unanimidade, o relatório do deputado Missionário Ricardo Arruda (PSC) que decidiu rejeitar o ofício do Ministério Público como representação ou denúncia contra o deputado Nelson Justus (DEM). A alegação foram a inobservância das formalidades legais e ausência de tipicidade de conduta, além de não ter qualquer fato novo que pudesse fazer com que decisões anteriores do conselho pudessem ser revistos. As informações são do Bem Paraná.

A Assembleia escolheu ontem seu novo corregedor. É o deputado Missionário Ricardo Arruda (PSC). A escolha, anunciada agora pelo presidente da Assembleia, Ademar Traiano, ocorreu a partir de um acordo de líderes.

Entre as funções do corregedor está a promoção da manutenção do decoro, da ordem e da disciplina. Também deve promover sindicâncias sobre eventuais ilícitos e prevenir a perturbação da ordem.

O deputado Luiz Carlos Martins vem a público afirmar que não faz parte de nenhuma articulação de bloco autointitulado independente na Assembleia Legislativa do Paraná. O nome do deputado do PSD apareceu em notas políticas divulgadas nesta quinta-feira (12), como um dos supostos 16 parlamentares que estariam criando uma terceira via, nem da base governista e nem de oposição, dentro da Assembleia.

“Nunca autorizei ninguém a falar por mim. Tenho opinião e sempre me posicionei. Nunca fico em cima do muro e posso garantir que, da minha parte, não há nenhuma articulação na direção de um bloco independente. Voto de acordo com minhas convicções”, afirma Martins.

Foto: Nani Gois alep - flores

Uma surpresa esperava as mulheres que foram trabalhar na Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (9). Elas foram recebidas com flores pelo presidente da Casa, Ademar Traiano (PSDB). O deputado se postou, desde cedo, na portaria do prédio da presidência para homenagear as funcionárias da Casa que tiveram o Dia da Mulher comemorado ontem (8).

Traiano disse que as lutas das mulheres, pela igualdade de direitos e contra a violência que ainda são vítimas frequentes, devem receber o apoio de todos. “A Assembleia sempre vai cerrar fileiras com as batalhas das mulheres para que tenham seus direitos reconhecidos e seu espaço na sociedade cada vez mais ampliado. Essa luta é de todos nós”, enfatizou.

A Assembleia faz uma homenagem a algumas mulheres paranaenses na sessão plenária desta segunda-feira. Elas vão receber um diploma de menção honrosa como reconhecimento ao trabalho prestado ao estado. Na foto, Traiano entrega uma flor para a funcionária Jussara Regina de Castro, 35 anos de Casa.

Foto: Nani Góis
plauto e traiano - alep

O fim do impasse com os professores, depois de três semanas de paralisação e duas invasões a Assembleia, sem que tenha se registrado casos de repressão violenta ou incidentes graves, mostra um estilo de comando da Assembleia, marcado pela tolerância e a serenidade. Para o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), o episódio evidenciou que “nenhum deputado é inimigo dos trabalhadores e deixou clara a importância da Assembleia na solução dos conflitos”.

alep - 24.02

Os manifestantes que acompanham a sessão da Assembleia nas galerias estão fazendo inveja à plateia do Silvio Santos. Até o famoso Roque, agora é representado pelos deputados da oposição, 5 deputados dos 54. Os animadores incentivam as vaias para qualquer manifestação de outros deputados. Os manifestantes obedecem com vaias, xingamentos e ofensas. “É o escárnio com a população. Todo esse amor pelo Estado, defendido com tanta paixão, teremos numa máquina funcionando perfeitamente após esse processo, mas ao contrário, advinha em quem eles vão colocar a culpa?”, diz um deputado vaiado.

gleisi - greve --

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) reapareceu no Paraná em esforço para recuperar ao menos parte de sua popularidade. Nesta quinta-feira, 19, circulou entre os grevistas no Centro Cívico em Curitiba. Aproveitou para fazer o discurso que os acampados queriam ouvir. Atacou as medidas do governo Beto Richa e defendeu as propostas federais, como cortes em benefícios dos trabalhadores e aumento em taxas e impostos. Não falou nada sobre o escândalo da Petrobras, muito menos da alta no preço da energia e dos combustíveis.

traiano

O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), vai conversar com os líderes dos partidos representados na Casa para pedir urgência na indicação dos nomes dos deputados que vão fazer parte das comissões permanentes. Enquanto as 24 comissões não estiverem formadas, os projetos não podem tramitar porque dependem de parecer antes da votação no plenário. A distribuição das vagas é feita de acordo com o tamanho de cada bancada ou bloco partidário.