Tag

alep

Browsing

traiano e 2

Ontem, um dia após tomar posse, o novo presidente da Assembleia, o deputado Ademar Traiano, foi prestigiar duas outras solenidades de posse: dos presidentes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Jucimar Novochadlo, e do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Roberto Vasconcelos. Traiano reafirmou o que destacou em seu discurso nesta segunda-feira na primeira sessão da Assembleia: a importância da harmonia entre os poderes, mas mantendo a autonomia, “porque não há espaço legal para conflitos insuperáveis entre os poderes legais”.

ratinho jr - alep

Sem perder tempo, antes de retornar à Secretaria do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Junior aproveita o seu tempo como deputado estadual e protocola, na Assembleia Legislativa do Paraná, quatro Projetos de Lei (PLs) para garantir e ampliar a defesa e os direitos dos cidadãos nos setores de segurança, ensino, em relação à qualidade dos serviços públicos e contra o uso de drogas.

alep - rm

A Assembleia Legislativa encerrou os trabalhos de 2014 com a aprovação de 24 proposições em redação final, dentre elas as que criam as regiões metropolitanas de Cascavel, Toledo, Campo Mourão e Apucarana. As informações são do O Paraná.

O projeto de lei complementar nº 402/12, institui a Região Metropolitana de Cascavel, constituída pelos municípios de Anahy, Boa Vista da Aparecida, Braganey, Cafelândia, Campo Bonito, Capitão Leônidas Marques, Cascavel, Catanduvas, Céu Azul, Corbélia, Diamante do Sul, Guaraniaçu, Ibema, Iguatu, Iracema do Oeste, Jesuítas, Lindoeste, Matelândia, Nova Aurora, Santa Lúcia, Santa Tereza do Oeste, Três Barras do Paraná e Vera Cruz do Oeste.

traiano - diploma

Deputado estadual mais votado do PSDB do Paraná, Ademar Traiano foi diplomado ontem pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) para dar início ao sétimo mandato. A nova legislatura marca a despedida da liderança do governo Beto Richa na Assembleia, nos últimos 4 anos, e o início de um novo desafio. Com candidatura única na eleição para a presidência da Assembleia, marcada para 2 de fevereiro, Traiano montou uma chapa de consenso abrindo espaço para todos os partidos e bancadas. Tudo caminha para uma eleição tranquila e sem surpresas.

ratinho-jr

Os observadores estacionados no Centro Cívico estão convencidos de que Ratinho Jr enfrentou, além da pesada máquina estatal a trabalhar pelo seu adversário, Ademar Traiano, com o empenho do virtual chefe da casa Civil, Deonilson Roldo, obstáculos em uma parcela graúda de deputados contrariados com suas posições, principalmente as que seguem:

1- Ratinho deixou claro que é contra a aprovação do plano de aposentadoria especial de deputados, que considera uma excrecência;
2- Também é contra o aumento de recursos para a Assembleia neste momento de apertos de caixa e carência de verbas para programas essenciais;
3- Ratinho estava disposto a reduzir radicalmente gastos com mordomias ibéricas que desfrutam os parlamentares, a começar por fechar todos os restaurantes que funcionam na casa.

Ontem, Ratinho Jr foi informado oficialmente por um presidente de estatal que Ademar Traiano é o candidato in pectore do governo.

Jonathan Campos / Agência de Notícias Gazeta do Povo
bibinho - Jonathan Campos - Agência de Notícias Gazeta do Povo

bibinho031141 Da Gazeta do Povo:

O ex-diretor geral da Assembleia Legislativa do Paraná, Abib Miguel, 74 anos – conhecido como Bibinho – foi preso quando recebia aproximadamente 70 mil reais em uma mala no Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek de Brasília (foto), no final da manhã desta sexta-feira (28). A prisão faz parte da operação “Argonauta”, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Paraná. Ele foi detido por força de um mandado de prisão temporária.

Foram presos também os dois filhos dele: Luciana de Lara Abib, 30 anos, e Eduardo Miguel Abib, 32, em Curitiba. Outros suspeitos, Edivan Bataglin e Sandro Bataglin, também foram detidos. Edivan é o homem que entregava o dinheiro a Bibinho no aeroporto. A operação está cumprindo mandados 14 mandados de busca e apreensão, além de cinco de prisão temporária, no Paraná, Amapá, Rio Grande do Sul e Goiás com apoio dos Gaecos locais.

diarios_160314

O coordenador da campanha de Ademar Traiano, do PSDB, Alexandre Curi (foto), contabiliza 35 votos para o seu pupilo. Os matemáticos da outra banda calculam 34 votos para Ratinho Junior. Como a Assembleia só tem 54 votos, e não 69 que é a soma dos votos esperados por Traiano e Ratinho, alguém está mentindo ou a fazer cálculos errados.

Ao contrário do avô, Aníbal, Curi não é bom aritmético de votações em colégio fechado. Ele dizia que venceria Requião na convenção do PMDB por 115 votos de vantagem. Perdeu por 92. Diferença catastrófica de 207 votos. Outro que aposta junto com Alexandre na vitória de Traiano é o bruxo Chick Jeitoso, que também costuma fazer previsões.

ratinho-jr- traiano

De nada adiantou aos deputados do PMDB, Alexandre Curi e Luiz Claudio Romanelli, coordenadores da candidatura de Ademar Traiano, do PSDB, à presidência da Assembléia, insistirem em afirmar que seguem orientação do governador Beto Richa. A bancada rachou. Maurício Requião, Anibelli Filho e Artagão de Mattos Leão não votam em Traiano. Mesmo que este confirme as suas ofertas: primeira vice para Jonas Guimarães, segunda secretaria para Ademir Bier, liderança do governo para Romanelli e duas presidências de comissões decisivas na Casa, inclusive a de Constituição e Justiça. E a promessa de tudo fazer de acordo com o PMDB e a orientação de Curi. Os três não arredam pé e garantem que há mais um com eles. Ou seja, a bancada rachou ao meio e para sempre.

leitao - maça

O deputado Ademar Traiano (PSDB) recebeu ontem a bancada do PMDB para oferecer tudo o que pode e não pode em troca de apoio como candidato à presidência da casa. Em suas contas, Ademir Bier seria primeiro vice-presidente, entregaria ainda a segunda secretaria, daria a liderança da bancada para Luiz Claudio Romanelli e a bancada do PMDB ficaria com Nereu Moura. Deixou aberta até mesmo a possibilidade de negociar a primeira secretaria. Por enquanto tem a simpatia explícita de Alexandre Curi, Luiz Claudio Romanelli e Jonas Guimarães. Com o Ratinho Jr, estão fechados Maurício Requião, Anibelli Neto e Artagão Jr. Hoje à noite, Ratinho recebe para jantar a mesma bancada do PMDB.