Tag

almeida

Browsing

marcelo almeida - presidência coritiba

Do Blog Intervalo, da Gazeta do Povo:

Marcelo Almeida não será candidato a presidente do Coritiba. O empresário tomou a decisão de recusar o convite após conversas individuais com o capitão Alex (seu amigo pessoal), dois conselheiros e dois ex-presidentes do clube. Segundo a assessoria de Almeida, que em alguns instantes soltará uma nota oficial comunicando a recusa, o que levou a dizer não foram “compromissos empresariais e político-partidários que o impediam de assumir esse compromisso com o clube”. Assim, o Coxa segue sem um candidato a presidente.

Do Blog Intervalo, da Gazeta do Povo:

A esperada resposta de Marcelo Almeida sobre ser candidato a presidente do Coritiba ficou para terça-feira. O empresário era esperado hoje, em Curitiba, para dizer se aceitava o convite dos grupos de Ricardo Guerra e Ernesto Pedroso. Mas, agora pela manhã, pingou na tela do celular a seguinte mensagem da assessoria de Almeida.

marcelo almeida - candibook

Marcelo Almeida, que tentou uma vaga no Senado pelo PMDB e agora é apontado como possível candidato à presidência do Coritiba, disse que é Palmeirense. A informação aparece no Candibook, página da Gazeta do Povo que reúne informações sobre os candidatos paranaenses que disputaram as Eleições de 2014.

Para a parcela da torcida coxa branca que apoia a candidatura de Almeida, a preferência do candidato pelo alviverde paulista é secundária. O que realmente importa e faz de Almeida uma boa alternativa para o comando do clube é, segundo os adeptos, o fato de ele ser um candidato milionário.

marcelo almeida - presidência coritiba

Do Bem Paraná:

O ex-deputado Marcelo Almeida, que concorreu ao Senado em 2014, admitiu que pode ser candidato à presidência do Coritiba nas eleições de 13 de dezembro. Ele revelou que foi procurado por grupos de oposição, mas não citou nomes. “Houve sim o convite de um pessoal que tem grande influência no Coritiba. Confesso que fiquei surpreso, porém até sábado decido o caminho que tomarei”, afirmou ele, ao Globo Esporte.

Infográfico: Folha de S. Paulo datafolha senado 04.10.2014

O Datafolha fez a pesquisa entre sexta-feira (3) e este sábado. O instituto ouviu 1.770 eleitores em 50 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isto significa que se fossem realizados 100 levantamentos com a mesma metodologia, em 95 os resultados estariam dentro da margem de erro prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número PR-00048/2014 e BR-01037/2014.

alvaro e gomyde

Do G1 PR:

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (4) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na disputa pela vaga do Paraná ao Senado:
Alvaro Dias (PSDB) – 82%
Ricardo Gomyde (PC do B) – 9%
Marcelo Almeida (PMDB) – 6%
Luiz Barbara (PTC) – 1%
Professor Piva (PSOL) – 1%
Adilson Senador da Família (PRTB), Castagna (PSTU) e Mauri Viana (PRP) somados têm 1% da intenção dos votos.

O Ibope fez a pesquisa entre os dias 1 e 4 de outubro. O instituto ouviu 1.512 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. A pesquisa, encomendada pela RPC TV, está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo nº PR-00047/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo noº BR-01028/2014.

Veja os votos totais:

alvaro dias gomyde marcelo almeida datafolha

Do G1:

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (27) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o Senado pelo Paraná:

Alvaro Dias (PSDB): 63% das intenções de voto
Ricardo Gomyde (PC do B): 8%
Marcelo Almeida (PMDB): 4%
Adilson Senador da Família (PRTB): 1%
Professor Piva (PSOL): 1%
Mauri Viana (PRP): 0%
Castagna (PSTU): 0%
Luiz Barbara (PTC): 0%
Brancos e nulos – 8%
Não sabe – 15%

No levantamento anterior, divulgado em 18 de setembro, Alvaro tinha 59%, Gomyde, 6%, Almeida, 6%, Piva, 1%, Viana, 1%, Adilson, 1%, Luiz Barbara, 0%, e Castagna, 0%. Brancos e nulos eram 8%, e indecisos, 18%.

Veja a pesquisa completa aqui.

requiao bem parana

Do Bem Paraná:

O senador e candidato do PMDB, Roberto Requião, gosta de alardear que não precisa de marqueteiro, que ele mesmo elabora e decide o que diz e exibe em sua campanha eleitoral. Pois pelos resultados colhidos até aqui, Requião “perdeu a mão” e já não é mais capaz de convencer o eleitor com sua retórica autoelogiosa e beligerante. Tudo indica que os paranaenses, depois de três mandatos do peemedebista como governador, e do “baixa ou acaba” contra o pedágio nunca realizado, já não se deixa mais levar pelo discurso do senador. O desgaste de imagem de Requião fica cada vez mais evidente a cada programa eleitoral. A medida que a campanha se encaminha para o final, o candidato dá sinais cada vez mais claros de irritação diante do naufrágio de seus planos de voltar ao Palácio Iguaçu. É como se ele não se conformasse com a possibilidade de que os eleitores já não o levam à sério e estão virando as costas para o mito do político autossuficiente, que até hoje só tinha uma derrota no currículo – a eleição para o governo em 1998 – vencida pelo então governador e candidato à reeleição, Jaime Lerner.

requiao e gleisi

O que parecia impossível acontece na política nativa. Gleisi Hoffmann e o PT jogaram a toalha. Decidiram jogar todas as suas fichas como linha auxiliar de Requião para provocar o segundo turno. Em troca, O PT quer apoio consistente de Requião para Dilma Rousseff no primeiro e no segundo turno.

O candidato a senador do PMDB, Marcelo Almeida, é outro que abdicou da candidatura e entrega seu tempo para uso de Requião no combate a Richa.

Ou seja, a palavra de ordem nas hostes do novo conglomerado PMDB/PTlulodilmista é “todos contra Beto Richa.”