Tag

André Vargas

Browsing

A Polícia Federal retomou as investigações sobre o envolvimento do ex-deputado federal André Vargas (ex-PT) na Operação Lava Jato. Nesta segunda-feira 9, o empresário Leonardo Meirelles prestou depoimento à PF em Curitiba. Meirelles é réu na ação que trata das irregularidades do laboratório Labogen. Vargas teria intermediado um contrato entre o Labogen e o Ministério da Saúde, no valor de R$ 150 milhões.

vargas11

O ex-deputado André Vargas (ex-PT) não deve aparecer entre os investigados no STF. Como teve o mandato cassado em dezembro e perdeu o direito a foro privilegiado, o inquérito da Lava Jato que cita seu envolvimento no esquema voltou à 13ª Vara Federal de Curitiba, aos cuidados do juiz Sérgio Moro. Com informações da Gazeta do Povo.

O juiz deu prazo de 15 dias para o Ministério Público Federal se manifestar sobre a denúncia contra o ex-deputado. Moro quer saber do MPF se são necessárias mais investigações ou se existem elementos para apresentar a denúncia contra o ex-petista.

Foto: Roberto Custódio/ Jornal de Londrina
londrina -JL

Dois londrinenses são personagens centrais de quatro escândalos de corrupção, incluindo a Lava Jato: o doleiro Youssef e o ex-deputado Janene.

de Katna Baran e Amanda Audi, Gazeta do Povo:

Uma teoria formulada em 1967 pelo psicólogo norte-americano Stanley Milgram prega que são necessários no máximo seis laços para que duas pessoas quaisquer, aparentemente distantes, estejam ligadas entre si. Desde então, cientistas se debruçam sobre esse estudo e alguns deles chegaram a concluir que a quantidade de passos para se chegar a alguém, atualmente, pode ser ainda menor, muito em função das redes sociais.

Se fosse possível aplicar a teoria dos seis graus de separação em escândalos políticos, provavelmente o esquema revelado pela Operação Lava Jato, que vai completar um ano de investigações neste mês de março, seria o experimento ideal para corroborar o estudo de Milgram. E o local escolhido para o início da pesquisa científica seria Londrina. A principal cidade no Norte do Paraná abrigou pelo menos duas peças-chaves do esquema da Lava Jato: o doleiro Alberto Youssef, hoje preso, e o ex-deputado José Janene, morto em 2010.

vargas-1

A chapa continua quente para o ex-deputado André Vargas (ex-PT). A investigação sobre sua atuação na Lava Jato voltou ao juiz federal Sérgio Moro em Curitiba. Vargas tinha foro foro privilegiado no STF por ser deputado, mas foi cassado em dezembro por quebra de decoro parlamentar por causa do envolvimento com o doleiro Alberto Youssef.

Vargas é acusado de favorecimento de Youssef em negócios com o governo federal. O deputado teria intermediado interesses do laboratório Labogen, usado pelo doleiro para lavagem de dinheiro, com o Ministério da Saúde. O elo entre os dois veio à tona com a divulgação de escutas que mostravam que o ex-petista viajou com a família para o Nordeste, de férias, em um avião fretado por Youssef. O advogado do ex-deputado não foi localizado para comentar o assunto.

vargas - londrina

O ex-deputado André Vargas foi expulso do PT, mas o PT não saiu dele, pelo menos em Londrina, sua cidade e base eleitoral. O site do partido diz: “Hoje, o PT de Londrina está muito bem representado no Legislativo. No Congresso Nacional, com o deputado André Vargas, atualmente vice-presidente da Casa. André tem um trabalho forte, de grandes conquistas para a cidade”. Como diria o ex-presidente o Lula, o PT de Londrina ainda não desencarnou de Vargas.

andre-vargas-1-266x300

do Lauro Jardim:

André Vargas aos poucos se despede das benesses de ser deputado federal. Na semana passada, Vargas devolveu o apartamento funcional.

Até o fim do mês, é obrigado a entregar o passaporte diplomático.

No STF, Celso de Mello já devolveu ao TRE do Paraná um inquérito sobre falsificação de documentos com fins eleitorais, e Teori Zavascki enviou a Sérgio Moro a papelada da Lava-Jato referente a Vargas.

Teori ainda terá que remeter à Justiça Eleitoral no Paraná um terceiro caso, que também investiga a prática de crime eleitoral.

vargas -

A um círculo restrito de amigos, alguns petistas, que ainda conversa, o ex-deputado André Vargas (ex-PT) reclama que tem procurado ex-aliados e lideranças do petismo local e nacional à procura de emprego e só ouve não. Os mais cordiais avisam que ele tem que esperar após fevereiro, mês cabalístico para um punhado de petista acossado pela lista de denúncias do Petrolão. Vargas, igual ao ex-ministro José Dirceu, pretende fazer consultorias em projetos estratégicos para empresas interessadas na economia e investimentos no Brasil.

andre-vargas-zeca-dirceu-gleisi-hoffmann
Depois de Zeca Dirceu, filho de José Dirceu, que fez discurso louvando a caça aos corruptos no país, Gilberto Carvalho, que está se despedindo da Secretaria-Geral da Presidência, também estufa o peito: “Essa é a novidade no Brasil: é um governo que não procura encobrir falhas de seus próprios correligionários quando eles caem em desvios e erros”. Trata-se de uma esforçada estratégia que o PT pensa adotar, proclamando que nunca na história do país se combateu tanto a corrupção.