Tag

barros

Browsing

O Ministério da Saúde liberou R$ 185,1 milhões para custeio de procedimentos ambulatoriais e hospitalares para o Paraná. Desses R$ 78,1 milhões foram destinados ao Fundo Estadual e R$ 106,9 milhões aos fundos municipais. Os recursos são referentes aos serviços realizados em julho.

“Os gestores contam com a contrapartida financeira do Ministério da Saúde para manter e expandir os atendimentos oferecidos nas suas redes do SUS. Nosso compromisso vem sendo a recomposição do orçamento da Saúde, para que o serviço seja ampliado e mais qualificado”, afirma o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

barros-rossoni

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, garantiu apoio para a regularização do atendimento médico prestado a estrangeiros pelo Hospital Municipal Padre Germano Lauck, de Foz do Iguaçu. A unidade é uma das mais procuradas por turistas que visitam a cidade e tem dificuldade em receber honorários do SUS pelos serviços prestados.

Barros esteve em Curitiba nesta segunda-feira (18), e o compromisso de contribuir para que a situação seja resolvida aconteceu durante reunião com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, e representantes do município no Palácio Iguaçu. Este foi um dos assuntos tratados pela prefeita em exercício de Foz do Iguaçu, Ivone Barofaldi da Silva, que também esteve na sede do governo estadual.

mais_medicos

O governo Michel Temer receberá na semana que vem novos mil profissionais do programa Mais Médicos, os primeiros de sua gestão. Os médicos vão repor outros que devem retornar para Cuba após o fim do contrato. O Palácio do Planalto estuda até uma solenidade para que Temer e Ricardo Barros recebam os profissionais — o que tiraria do PT uma de suas bandeiras mais rentáveis eleitoralmente. As informações são de Guilherme Amado n’o Globo.

RicardoBarros

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou ontem que vai defender a criação de um plano de saúde “mais popular”, com acesso a menos serviços que a cobertura mínima obrigatória determinada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), mas também com menor custo ao consumidor. Segundo Barros, a medida pode “contribuir com o financiamento do SUS”. “A ANS estabelece uma cobertura mínima para os planos. Isso implica também num custo para essa cobertura estabelecida. O que estamos propondo é uma flexão para que possamos ter planos com acesso mais fácil à população e com cobertura proporcional a esse acesso. É ter outras faixas de plano de saúde para que mais pessoas possam contribuir com o financiamento da saúde no Brasil”, disse. As informações são d’O Diário de Maringá.

SUS

O Ministério da Saúde liberou nesta semana mais R$ 37,5 milhões para reforçar o atendimento pelo SUS em hospitais universitários de todo o país. Somente na região Sul foram R$ 11,7 milhões. Os recursos já estão disponíveis.

Os valores são do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF). Com isso, as universidades mantenedoras ganham maior capacidade orçamentária para estimular a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade.

SUS (1)

O ministro da saúde, Ricardo Barros, anunciou durante reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), que conseguiu, junto à equipe econômica do Governo Federal, descontingenciar R$ 5,6 bilhões do orçamento da saúde. Os recursos vão compor os R$ 118 bilhões do orçamento de 2016. Haverá ainda um crédito de R$ 550 milhões para novos credenciamentos.

unnamed

A deputada estadual Maria Victoria (PP) foi empossada neste domingo (1º), em sessão solene realizada na Assembleia Legislativa, em Curitiba. A deputada foi eleita com 44.870 votos recebidos em 357 municípios do estado. “Talvez esse seja o dia mais importante da minha vida. É uma grande responsabilidade e peço a Deus que me ilumine e me proteja para que eu possa contribuir com os paranaenses e cumprir o que me propus a fazer nesse mandato.”

cida e beto -

Em entrevista a Gazeta do Povo nesta segunda-feira (5), a vice-governadora Cida Borghetti disse que pode ser a interlocutora do Paraná junto ao governo federal já que o Pros, seu partido, faz parte da base aliada ao governo Dilma Rousseff (PT). “Me coloquei à disposição para fazer essa interlocução com o governo federal. Esse nosso trabalho, essa nossa experiência em Brasília, como relatora setorial do orçamento que fui, vice-líder do meu partido na Câmara dos Deputados, atuando em várias comissões, chefe do escritório do governo do Paraná em Brasília no governo Jaime Lerner, também fez com que pudesse ao longo desses anos construir um bom relacionamento. Nós queremos buscar nesse momento a oportunidade de levar os bons projetos do Paraná e trazer os recursos necessários. Acho que podemos ajudar e muito. Além de toda a bancada federal, nossos deputados federais, nossos senadores, que serão grandes parceiros nesse novo momento que eu tenho certeza que será muito melhor”, disse Cida à repórter Kelli Kadanus.

Veja a a entrevista na íntegra.

ricardo barros gif

A festa de aniversário de Ricardo Barros (PP) reuniu mais de 1,2 mil pessoas na noite de ontem, em Maringá. Deputados federais, estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças de todo o Paraná prestigiaram a festa no Clube Olímpico.

“Meu hobby é fazer política. Trabalhar para mim não é cansar, é realizar. Eu não me canso de trabalhar, sonhar e realizar. Minha missão é colaborar para o progresso das cidades, e, no Congresso Nacional sempre defenderei o povo brasileiro”, afirmou o deputado federal eleito.

festa - aniversario rb

A tradicional festa de aniversário de Ricardo Barros deste ano promete ser ainda mais movimentada. Já não há mais convites disponíveis para o evento marcado para quinta, no Clube Olímpico de Maringá, que comemora 55 anos de Ricardo Barros. São esperadas mais de 1,2 mil pessoas, entre elas familiares, amigos, políticos e lideranças do Paraná e de outros Estados. Reflexo direto do prestígio pessoal de Barros e da força da família que venceu todas as eleições disputadas nesse ano. Cida será a vice-governadora, Maria Victória deputada estadual e Ricardo Barros volta à Câmara dos Deputados para o quinto mandato.