Tag

blatter

Browsing

blatter-1

Hoje (20), um protesto contra Joseph Blatter, ao iniciar a coletiva na Fifa, interrompeu a primeira aparição do suíço diante da imprensa mundial desde que anunciou que renunciaria de seu cargo de presidente. O comediante inglês Lee Nelson jogou notas de dinheiro no dirigente que, abalado, pediu para que se retirasse da sala. As informações são do Estadão.

Nervoso, Blatter anunciou apenas que sairia por alguns momentos para que o chão, repleto de notas falsas de dinheiro, fossem retiradas. “Isso não tem nada a ver com o futebol. Temos de limpar a casa”, declarou Blatter. Visivelmente nervoso, Blatter andava com dificuldade depois do protesto, enquanto a segurança tentava retirar o comediante. Dez minutos depois, o suíço retornou para a sala para a coletiva de imprensa. Entre as medidas anunciadas está a criação de um grupo de trabalho para estudar a reforma da Fifa.

da Folha de S. Paulo:

A Justiça dos Estados Unidos acredita que o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, está envolvido no esquema de corrupção no futebol revelado na semana passada.

É o que informa o “The New York Times”. De acordo com o jornal, funcionários do governo norte-americano, falando sob condição de anonimato, apontaram o francês Valcke como o responsável pela transferência de US$ 10 milhões (cerca de R$ 32 milhões) usados para o pagamento de propinas.

del nero - coletiva

Em entrevista realizada na manhã desta sexta-feira (29), Marco Polo Del Nero, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, comentou o escândalo deflagrado nesta semana envolvendo cartolas de todo o mundo, inclusive Marin, seu antecessor na CBF, que foi preso na operação. Del Nero descartou a possibilidade de deixar o cargo: “Não vou renunciar, porque não tenho nada a ver com isso”, disse o presidente da CBF.

Via romario.org:

O senador Romário comentou na manhã desta quarta-feira (27) a prisão do vice-presidente da CBF, José Maria Marin, ocorrida em Zurique, em uma operação da Polícia Americana. “Muitos dos corruptos e ladrões que fazem mal ao futebol foram presos. Inclusive um dos maiores do país, que se chama José Maria Marin”, declarou.

Veja:

Para o senador, é uma pena que as prisões não tenham ocorrido no Brasil. “Infelizmente, não foi a nossa polícia que prendeu. Ladrão tem que ir para a cadeia. Parabenizo o FBI e especialmente a Polícia Suíça pela atitude. Espero que isso repercuta positivamente e que isso passe a ser aplicado na América do Sul”.

As declarações foram feitas durante audiência pública realizada na Comissão de Educação, Cultura e Esporte, presidida por Romário. O senador relacionou a falta de recursos para o futebol feminino com a corrupção. “Até hoje o futebol feminino não dá lucro, não dá dinheiro. E onde não dá dinheiro, eles não podem roubar, não pode enriquecer ilicitamente, então, infelizmente eles não apoiam como tem que fazer”, disse.

marin

d’O Globo:

Em uma ação conjunta das polícias dos Estados Unidos e da Suíça, sete dirigentes da Fifa foram presos nesta quarta-feira em um hotel em Zurique. Oito pessoas ainda foram indiciadas por corrupção. Os dirigentes estavam reunidos para a eleição para a presidência da entidade que pode dar a Joseph Blatter um quinto mandato. Segundo a rede BBC, entre os presos estão o brasileiro José Maria Marin, membro do comitê da Fifa; Jeffrey Webb, das Ilhas Cayman, chefe da confederação da Concacaf; o uruguaio Eugenio Figueredo, ex-presidente da Conmebol e vice-presidente da Fifa; Jack Warner, de Trinidad e Tobago, ex-vice-presidente da Fifa e ex-presidente da Concacaf; e Eduardo Li, presidente da Federação da Costa Rica, Costas Takkas, ex-secretário-geral da Federação de Futebol das Ilhas Cayman, Julio Rocha, presidente da Federação de Futebol da Nicarágua, e Rafael Esquivel, presidente da Federação Venezuelana de Futebol.

dilma e blatter-1

Não teve muito legado, mas a Copa do Mundo foi extremamente lucrativa para a Fifa. De acordo com Estadão, a Fifa faturou R$ 16 bilhões com o torneio no Brasil – uma quantia que jamais conseguiu em outros eventos. Os contratos comerciais e de transmissão da Copa em 2014 renderam à entidade US$ 2 bilhões (R$ 6,4 bilhões). Em 2010, no Mundial da África do Sul, a Fifa teve arrecadação inferior: US$ 4,1 bilhões (13,3 bilhões).

Joseph Blatter

Do Uol:

A Fifa entrou na mira do governo da Suíça. Após as diversas denúncias de corrupção na entidade nos últimos anos, o país decidiu encerrar os privilégios dados à entidade, que até então não poderia ser investigada, e abriu a possibilidade de que ela possa ter suas contas vistoriadas em casos de novas suspeitas.

“As contas dos dirigentes da Fifa terão o mesmo tratamento dado aos piores ditadores do mundo”, disse o deputado Roland Buchel, um dos opositores da Fifa no parlamento suíço, em reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira (23).