Tag

bolsonaro

Browsing

fruet e bolsonaro2

A presença do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e as manifestações de apoio ao parlamentar em Curitiba deixaram o prefeito Gustavo Fruet (PDT) muito preocupado. “O que está acontecendo no Brasil dará margem à radicalização. A vinda do Bolsonaro a Curitiba é um sinal disso. Haverá um discurso cada vez mais duro, um discurso contra imigrante, um discurso contra programas sociais, contra a população em situação de rua. Porque há um sentimento de que a política tradicional não responde mais às expectativas da população”, disse Fruet ao Paraná Portal.

“Num cenário que gera desemprego, gera perda de renda, é evidente que muitas pessoas vão se identificar com um discurso mais radical. É imprevisível quem vai ocupar esse espaço”, completou Fruet.

bolsonaro

O deputado Jair Bolsonaro visita Curitiba em clima de pré-campanha presidencial. Expoente da direita, Bolsonaro já pontua na casa dos 8% a 10% nas pesquisas eleitorais e será recebido em carreata nesta quinta-feira, 3, as 21h, no Aeroporto Afonso Pena em São José dos Pinhais. Acompanhado de dois filhos, também deputados, Bolsonaro participa de jantar com correligionários e simpatizantes. Na sexta-feira, 4, toma café da manhã às 8h com um grupo de 200 pastores evangélicos, às 9h30 atende a imprensa na Assembleia Legislativa e, em seguida, faz abertura o 1º Seminário Estadual das Guardas Municipais, realizado no próprio legislativo.

A visita de Bolsonaro em Curitiba é agendada pelos deputados Felipe Frabncischini (SD) e Fernando Francischini (SD). A recepção está sendo organizada em evento no facebook. Mais de mil pessoas já confirmaram presença na recepção marcada pela rede social.

aécio- lula - serra - alckmin

Nas eleições presidenciais, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) venceria o ex-presidente Lula (PT), segundo a pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira, 21. No primeiro cenário, o primeiro turno mostra Aécio na frente com 35,1%, e Lula em segundo, com 22,8%. Em seguida, Marina Silva (PSB) com 15,6% e Jair Bolsonaro (PP) com 4,6%. No segundo turno, 49,5% dos entrevistados votam em Aécio e 28,5% em Lula.

j. bolsonaro

da Folha de S. Paulo:

A dois dias das manifestações contra o governo programadas em várias partes do país, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) protocolou na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Considerado um dos deputados mais conservadores e crítico do PT, o congressista recorre principalmente ao esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela operação Lava Jato, da Polícia Federal, para justificar o pedido.

Na avaliação do deputado, Dilma foi beneficiada pelos desvios da estatal e cometeu crimes contra a administração pública ao não atuar contra os desmandos.

bolsonaro -_

do Lauro Jardim:

A ação movida pelo Ministério Público no STF contra Jair Bolsonaro por causa de suas considerações a respeito de sua colega Maria do Rosário merecer ou não ser estuprada por ele, teve o primeiro andamento.

O ministro Luiz Fux determinou que Bolsonaro se explique em quinze dias. Até lá o deputado terá tempo para contorcer as palavras e ensaiar uma saída.

Ao comentar o caso envolvendo os deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ) e a Maria do Rosário (PT-RS), o humorista Danilo Gentili, apresentador do programa The Noite, do SBT, disse estranhar a gritaria da esquerda e de setores da imprensa sobre o caso do deputado carioca e o silêncio sobre sobre outros, também graves.

Um é o de Eduardo Gaievski, ex-assessor da senadora Gleisi Hoffmann (PT), preso em novembro do ano passado e já condenado em dois dos 32 casos de estupro as quais é acusado. “Gleisi Hoffmann acobertou um pedófilo, que era seu assessor”, lembrou Gentili, ao se referir a Gaievski.

Durante a sessão de ontem, terça-feira, 9, na Câmara, Jair Bolsonaro (PP-RJ) disse que só não estupraria a deputada Maria do Rosário (PT-RS) porque ela não merecia. Além disso, mandou a deputada “catar coquinho” e disparou uma série de críticas a Dilma Rousseff e ao PT. Disse que este é o governo mais corrupto da história, e lembrou do assassinato de prefeito Celso Daniel. O discurso agressivo foi uma resposta de Bolsonaro à fala de Rosário que, minutos antes, havia criticado as manifestações que pedem a intervenção militar e defendido a Comissão da Verdade e a investigação de crimes da ditadura.

Bolsonaro foi o deputado federal mais votado no Rio de Janeiro, com aproximadamente 464 mil votos. O deputado já declarou que será candidato a Presidente da República em 2018.

Esta é a segunda vez que Bolsonaro se dirige à deputada petista desta forma. Em 2003, ele fez a mesma afirmação em frente à equipe de reportagem da Rede TV. Veja o vídeo deste caso.

Foto: Gustavo Miranda / Agência O Globo
bolsonaro -Gustavo Miranda - Agência O Globo

Do Globo:

Deputado mais votado no Rio, Jair Bolsonaro (PP), decidiu que irá concorrer à presidência da Câmara. O parlamentar, que já se anunciou pré-candidato à Presidência da República em 2018, disse ao GLOBO que irá concorrer na Câmara apenas para marcar posição e ter dez minutos a mais de fama. Ele irá concorrer como candidato avulso, ou seja, sem ser uma indicação oficial do seu partido. Ciente que sua chance de vitória é próxima de zero, Bolsonaro já contabiliza ao menos dois votos a seu favor: o próprio e o do filho, Carlos Bolsonaro (PSC), eleito deputado federal este ano por São Paulo.

— Quero ser candidato só para ter dez minutos de palanque, de discurso no plenário. Dez minutos a mais de fama. Sei que é impossível, mas terei aos menos dois votos. O meu e o do meu filho – disse Bolsonaro, que criticou o espaço e a atenção que o seu partido, o PP, dedica a ele.