Tag

candidato

Browsing

JarbasZeCruzHalo

Do Josias de Souza:

Surgiu no Parlamento um movimento que tenta colocar em pé a candidatura de Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) à presidência da Câmara. Ainda senador, Jarbas acaba de ser eleito deputado. Em fevereiro, ele se transferirá para a Casa legislativa ao lado. O assédio lhe chega com três meses de antecedência.

Há quatro dias, Jarbas recebeu um telefonema do deputado Silvio Costa (PSC-PE). Foi informado de que há na Câmara um grupo interessado em empinar sua candidatura à sucessão interna. Mencionaram-se na conversa vários potenciais apoiadores. Entre eles, por exemplo, Miro Teixeira (PROS-RJ).

bolsonaro - 152

Deputado federal mais votado no Rio de Janeiro e criticado por comportamento homofóbico e autoritário, Bolsonaro quer atrair eleitor antipetista defendendo propostas como a redução da maioridade penal e trabalhos forçados para presidiários.

De Marcelo Moraes, Estadão:

Reeleito como o deputado federal mais votado no Rio de Janeiro, com 464 mil votos, o polêmico Jair Bolsonaro (PP), ex-capitão do Exército, já tem um plano político mais ousado. Ele anunciou que será a candidato à Presidência em 2018 como “representante da direita”. “Sou de direita mesmo e não tenho vergonha de dizer. Vou disputar o Planalto. Se meu partido não me apoiar, mudo de legenda para concorrer”, afirma.

richa - reinaldo

O governador reeleito do Paraná, Beto Richa (PSDB), afirmou nesta quinta-feira (16), em Naviraí, que Reinaldo Azambuja (PSDB) está testado na vida pública, aprovado e pronto para governar Mato Grosso do Sul. Ao exaltar as qualidades do companheiro de partido, Beto Richa quer trocar experiências com Azambuja para intensificar a parceria entre os dois estados vizinhos, garantindo o desenvolvimento da região na saúde, educação, segurança e infraestrutura.

buchi corpo a corpo gif

O candidato do PRP ao governo do Paraná, Ogier Buchi, preferiu o corpo a corpo com a população para a agenda de campanha na manhã desta quarta-feira, em Colombo. No local, Buchi conversou com a população e ouviu reivindicações. Ele, mais uma vez, destacou que, entre as ações para alcançar as metas de seu governo, está a redução do custo da máquina pública com a diminuição de secretarias. Durante a tarde no escritório político o candidato recebeu Henri Francis, presidente da União dos Praças do Corpo de Bombeiros do Paraná (UPCB). Francis levou ao candidato as principais mudanças e demandas dos praças.

De Lauro Jardim:

As propostas bizarras se multiplicam na reta final da campanha. Juraci Tesoura de Ouro, candidato a deputado federal pelo PTB do Distrito Federal, promete um mandato mais do que franciscano.

Se chegar à Câmara, Juraci cumprirá trabalho legislativo voluntário, ou seja, diz que abrirá mão do salário de 26 000 reais pagos a deputados.

Dinheiro não é problema, embora Juraci esteja longe de estar entre os mais abastados do cenário político. O Tesoura de Ouro declarou à Justiça Eleitoral bens que somam 4,6 milhões de reais.

urna voto

A partir de hoje, nenhum candidato a um cargo nas eleições deste ano pode ser preso. Segundo o artigo 236 do Código Eleitoral, há uma exceção para caso de flagrantes. Mesários e fiscais de partido gozam da mesma proteção.

A partir do dia 30 de setembro, todos os eleitores terão o mesmo benefício, que vigorará até 48 horas depois do encerramento das votações. Neste período, nenhuma autoridade poderá prender qualquer eleitor. Há exceções para flagrantes, sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou ainda desrespeito à salvo-conduto.

A medida, que está presente desde o Código Eleitoral de 1932, tem o objetivo de garantir que a eleição não seja prejudicada por conta do uso político de prisões e abusos de autoridade.

Pré-candidato ao governo do Paraná pelo PSD, o empresário Joel Malucelli acredita que pode aproveitar a oportunidade do clima de protestos e de insatisfação com os políticos estabelecidos para tentar abocanhar o poder nativo. Sonho antigo. No momento, ele procura articular o empresariado que clama por mudanças para apoiá-lo. Deu longa entrevista para o Bem Paraná que você pode ler no Leia Mais.

Cid Gomes, PSB, Eduardo Campos, 2º turno, eleição 2014, presidente, candidato

Do Felipe Patury:

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, deve forçar um segundo turno na eleição presidencial no ano que vem, se mantiver sua candidatura pelo PSB. A avaliação é de seu correligionário Cid Gomes, governador do Ceará. “Sem Eduardo Campos, a chance de ter segundo turno é de 10%. Com ele, sobe para 70%”, diz. O líder cearense reconhece a legitimidade da intenção de Campos, diz que o partido deve ter como objetivo conquistar o Planalto, mas defende que a candidatura do governador de Pernambuco seja postergada para 2018. Com esse adiamento, os socialistas poderiam aumentar suas bancadas na Câmara e no Senado e se preparar melhor para uma campanha presidencial.