Tag

carnaval

Browsing

rossoni - camara

O deputado federal Valdir Rossoni disse nesta quarta-feira (10) que, depois que o povo brasileiro “festejou à beira do precipício”, como disse a revista britânica The Economist, é hora de voltar à realidade do país, que é triste. “Além do caos político, temos o mosquito aedes aepypti tomando conta de tudo e criando um problema grave – o Zika vírus”, afirmou. “Só faltava algo assim, que se espalha pelo mundo, para completar o panorama de inflação altíssima, desemprego, queda de vendas do comércio, indústrias e o fato concreto de estarmos numa das maiores recessões da história do país”, completou.

Segundo Rossoni, o mais incrível é o fato de o PT, que criou tudo, fazer cara de paisagem como se não tivesse culpa de nada e viver em outros mundos. “Tentar blindar o chefão com o slogan ‘Somos Todos Lula’ é hilário e ao mesmo tempo trágico. Não serve nem para nome de bloco, mesmo porque os amigões do ex-presidente estão todos presos”, disse o parlamentar.

info BP

Bem Paraná

Após o feriado do Carnaval, é possível que aumente o número de casos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti em Curitiba e em todo o Paraná. Isso, porque neste período há um grande número de pessoas que costumam aproveitar o feriado prolongado para viajar.

“O que pode ocorrer é um aumento no números de casos importados de doenças, causadas pelo Aedes aegypti”, explica Juliane Oliveira, diretora do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde. Ela ressalta que, quando uma pessoa vai para um local onde há a presença do mosquito, essa pessoa pode ser picada, mas apresentar os sintomas das doenças transmitidas, como dengue, chikungnya e zika, cerca de 5 ou 6 dias depois da picada.

– Leia aqui a reportagem completa.

O presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, foi detido pela Polícia Militar durante a confusão registrada na noite de domingo (1º), após o “CarnaVibe”, um dos eventos do pré-carnaval de Curitiba. Cordiolli teria tentado negociar com o oficial da tropa o avanço dos policiais sobre os o público que se dispersava da festa, quando o oficial deu a ele voz de prisão por desacato. Informações da Gazeta do Povo.

A confusão após o “CarnaVibe”, festa eletrônica organizada pela Prefeitura de Curitiba e que antecede o carnaval do município, reuniu 40 mil pessoas e terminou por volta das 20 horas, segundo Cordiolli. Após o encerramento, houve uma confusão nas proximidades do evento, com registro de brigas e estabelecimentos depredados, quando a PM foi acionada.

Foto: Custódio Coimbra / Agência O Globo
mascara - foster - o globo

de Juliana Castro, Cleide Carvalho e Andressa Maltaca, O Globo:

A menos de um mês do carnaval, a defesa do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró ameaçou processar quem produzir máscaras com o rosto dele. Com o escândalo na estatal, fábricas planejavam criar esses artigos com a imagem de Cerveró, preso na Polícia Federal de Curitiba devido à Operação Lava-Jato.