Tag

carta

Browsing

A seguir, carta aberta de Luiz Inácio Lula da Silva, divulgada ontem (17) à noite, sobre os últimos acontecimentos:

Foto_ Ricardo Stuckert_ Instituto Lula

“Creio nas instituições democráticas, na relação independente e harmônica entre os Poderes da República, conforme estabelecido na Constituição Federal.

Dos membros do Poder Judiciário espero, como todos os brasileiros, isenção e firmeza para distribuir a Justiça e garantir o cumprimento da lei e o respeito inarredável ao estado de direito.

Creio também nos critérios da impessoalidade, imparcialidade e equilíbrio que norteiam os magistrados incumbidos desta nobre missão.

Por acreditar nas instituições e nas pessoas que as encarnam, recorri ao Supremo Tribunal Federal sempre que necessário, especialmente nestas últimas semanas, para garantir direitos e prerrogativas que não me alcançam exclusivamente, mas a cada cidadão e a toda a sociedade.

stf3-300x225

Severino Motta, Veja

Depois dos advogados da Lava-Jato, o Instituto de Garantias Penais (IGP), com sede em Brasília, também resolveu divulgar um manifesto.

Além de apoiar os colegas estrelados, a entidade vai dizer que “o Estado Democrático de Direito não admite atitudes ‘RobinHoodianas’, pelas quais se retiram garantias fundamentais de ricos para, falaciosamente, dar aos pobres”.

O texto dirá ainda que “afirmar leviana e indistintamente na imprensa que advogados ‘de clientes importantes’ cobram honorários diferenciados em troca de promessas de impunidade é buscar, de forma escancarada, colocar a sociedade não apenas contra o advogado, mas sim contra o Direito, pois, de forma maniqueísta, trata como vilão todo aquele que é constitucionalmente reconhecido como essencial à administração da Justiça”.

Foto: Ivonaldo Alexandre – Gazeta do Povo petraglia - JL

Mario Celso Petraglia:

Chegamos aos vinte anos do projeto que vem transformando o Atlético Paranaense. Vinte anos de trabalho quase ininterrupto. Vinte anos levantando a cada dia com a missão e o compromisso de fazer um clube cada vez mais forte e indo dormir com a percepção de que ainda há muito o que fazer. Mesmo durante o hiato de três anos que atrasou todo o planejado e dificultou o caminho com uma administração desastrosa que nos levou à segunda divisão e a inúmeros prejuízos, o projeto continuava vivo na minha cabeça e na de muitos atleticanos que entenderam nossas reais necessidades. Mas mesmo assim, são vinte anos, de modo geral, de avanços. Sempre, em todos eles, esticando o cobertor curto, dando nó em pingo d’água, nos virando para conseguirmos crescer sempre e diminuir essa desvantagem histórica entre nós e os clubes que já ocupam espaço entre os grandes do Brasil há mais tempo. Não sei mais o que é viver sem pensar nisso. Buscar soluções. Imaginar caminhos. Tudo o que não podem é dizer que um dia sequer deixei de trabalhar para que o Atlético Paranaense chegasse onde nem o mais otimista atleticano há vinte anos poderia imaginar.

carta - francischini1

Fernando Francischini entregou o cargo na manhã de hoje (8). Leia a carta que ele entregou ao governador Beto Richa para oficializar seu pedido de demissão do cargo de Secretário de Segurança Pública do Paraná. É o que segue:

“Exmo. Governador Beto Richa,

Gostaria inicialmente, mesmo neste momento de dificuldade, rememorar os avanços na área de segurança pública que merecem destaque:

1) Polícia Civil

a)Encaminhamos para Vossa Excelência, com nosso parecer positivo, o Estatuto da Polícia Civil do Paraná; nele constam os avanços importantes para os profissionais da área, como a regulamentação das carreiras e seus direitos; A necessidade de Bacharelado em Direito para o concurso de escrivão de polícia, o reconhecimento dos peritos papiloscópicos, a padronização do subsídio de delegados de polícia para remoções de todas as categorias profissionais;

richa - cel 1

O Coronel Cesar Kogut, comandante da Polícia Militar do Paraná, enviou carta ao governador Beto Richa em que repudia declarações do secretário de Segurança Pública, Fernando Francischini, em nome da oficialidade da corporação. É o que segue:

CARTA AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ

“O Comando da Polícia Militar do Paraná, instituição sesquicentenária que labuta diariamente em prol da segurança pública do Estado do Paraná, cumprindo incansavelmente a sua missão constitucional, vem perante Vossa Excelência manifestar o seu repúdio às declarações atribuídas pela Imprensa ao Secretário de Estado da Segurança Pública, em data de 04 de maio de 2015 – e até agora não desmentidas – as quais atribuem única e tão somente à PMPR a responsabilidade pelos fatos ocorrido em 29 de abril de 2015, quando da manifestação dos professores, pelos fundamento abaixo delineados.

vox populi carta capital

Da Carta Capital:

A presidenta Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, abriu 13 pontos de vantagem sobre Marina Silva (PSB) na disputa presidencial, segundo a nova rodada da pesquisa Vox Populi / CartaCapital. Dilma tem 38% das intenções de voto, contra 25% de Marina e 17% do terceiro colocado, Aécio Neves (PSDB). O Pastor Everaldo (PSC) tem 1% dos votos, enquanto os outros candidatos não pontuaram.

Na comparação com a pesquisa anterior, divulgada no dia 10, Dilma oscilou dois pontos para cima, de 36% para 38%, enquanto Marina caiu três –subiu de 28% para 25%. Assim como Dilma, Aécio também oscilou para cima dentro da margem de erro: foi de 15% para 17%. O número de eleitores indecisos variou de 13% para 11%, e o de votos nulos e em branco permaneceu inalterado, em 7%.