Tag

Cascavel

Browsing

edgar bueno-cascavel

Para surpresa até mesmo da Justiça Eleitoral, Cascavel passou a marca dos 200 mil eleitores durante o plantão de sábado, quando mais de 2,5 mil pessoas compareceram ao fórum eleitoral e elevaram o número de eleitores para 200.183. Dessa forma, a escolha do sucessor do prefeito Edgar Bueno (PDT) poderá ser realizada em dois turnos (o primeiro no dia 2 e o segundo no dia 30 de outubro) e obriga os partidos e pré-candidatos a prefeito a refazerem os cálculos e redefinirem as suas estratégias.

Uma eleição em turno único favorece os candidatos com maior popularidade, até pelo fato de o tempo de campanha ter sido reduzido de 90 para 45 dias. No novo cenário, a popularidade continua importante, mas apenas para o primeiro turno, pois no segundo o fator determinante passará a ser a nova correlação de forças que se estabelecerá com a divisão dos partidos em dois grandes grupos.

beto- cascavel

O governador Beto Richa autorizou nesta quarta-feira (27) a liberação de R$ 5 milhões para a Prefeitura de Cascavel destinados à compra de equipamentos rodoviários. Com os novos recursos, já são R$ 30,8 milhões liberados entre 2011 e 2016 para Cascavel nas áreas de pavimentação e equipamentos. “Trata-se de mais uma importante parceria com o município de Cascavel, que é um polo regional no Estado. Já estamos investindo nessa área com outras obras para atender as demandas da cidade, uma das maiores do Estado”, disse Richa.

O prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, lembra que há 3,5 mil quilômetros de estradas rurais na região, que agora poderão ser recuperadas, depois de quase 90 dias de chuvas.

edgar bueno foto3

O prefeito Edgar Bueno (PDT) e as empresas que administram a coleta de lixo e limpeza pública em Cascavel foram inocentados de uma ação de improbidade administrativa impetrada pelo MP-PR (Ministério Público do Paraná). A juíza substituta Raquel Fratantonio Perini julgou improcedente o pedido formulado pelo órgão fiscalizador, que defendeu que houve um reajuste indevido no contrato (R$ 2,3 milhões), causando prejuízos aos cofres do Município. O responsável pela defesa do prefeito, o advogado Marcos Boschirolli, diz que a decisão joga luz sobre um contrato muito falado na cidade, “não dando razão para toda a celeuma criada em Cascavel sobre o assunto”.

As empresas que administravam o serviço na época, Engelétrica Projetos e Construções Civis e CGC Coleta Geral Concessões Ltda, requereram uma recomposição dos serviços contratados, com a justificativa de que o sindicato da categoria de trabalhadores acordou em convenção coletiva um reajuste do piso salarial de 76,8%, em 2002, aumentando assim, de uma maneira imprescindível, o custo da mão de obra. O MP-PR, por sua vez, entendeu que esse reajuste de R$ 2,3 milhões deveria ter sido previsto e por isso impetrou a ação.

kassab e sciarra1

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, estará hoje (24) em Cascavel para receber demandas de prefeitos da Amop e de diversas regiões do Paraná. Kassab atende o convite do deputado federal Evandro Roman (PSD) e estará acompanhado do chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, e dos presidentes Mounir Chaowiche (Sanepar), Abelardo Lupion (Cohapar) e Juraci Barbosa Sobrinho (Agência de Fomento).

Oitenta prefeitos são aguardados na Amop. “Os gestores públicos têm vários temas a tratar com o Ministério das Cidades, e Kassab vai esclarecer várias dúvidas”, disse o presidente da Amop e prefeito de Santa Tereza do Oeste, Amarildo Rigolin (PP). Kassab e Sciarra vão se reunir pela tarde com todos os chefes de núcleos regionais do Oeste.

edgar e lemos

Julio Fernandes, Paraná Oeste:

Os ministros do TSE decidiram na manhã de hoje (quinta-feira, 23) que o prefeito Edgar Bueno (PDT) e o vice-prefeito Maurício Theodoro (PSDB) continuam no comando da prefeitura de Cascavel. Os ministro negaram provimento ao recurso aos candidatos derrotados em 2012, Professor Lemos (PT) e Walter Parcianello (PMDB).

Os sete ministros do ministros do TSE acompanharam a decisão monocrática da ministra Luciana Lóssio, publicada no dia 26 de fevereiro, entendendo que não havia provas para a impugnação do mandato, ao contrário da decisão do TRE. A discussão do recurso foi breve. A relatora, Maria Thereza de Assis Moura, afirmou apenas que não concordava com os dois argumentos da ministra Luciana Lóssio, mas que concordava que não houve potencialidade lesiva. Na decisão monocrática a ministra afirmou que por meio dos direitos de resposta, os eleitores foram informados sobre o verdadeiro domicílio de Professor Lemos.

paranaense 2015 1

O torcedor paranaense já conhece três dos quatro semifinalistas do campeonato estadual deste ano. Na noite de ontem, Londrina, Coritiba e Operário passaram para a próxima fase. Após vencer o jogo de ida contra o Cascavel por 3 a 1, o Coritiba confirmou a classificação em casa com uma vitória por 2 a 0. Já o Londrina, após ser derrotado no jogo de ida das quartas de final por 2 a 1 em casa, foi até Maringá e repetiu o placar. De modo que o tubarão confirmou a classificação na disputa por pênaltis contra o Maringá. Já o Operário, depois de um empate no jogo de ida em Curitiba, contra o Paraná, fez 3 a 0 no tricolor e garantiu sua vaga na próxima fase.

Agora, o Londrina enfrenta o Coritiba em uma das semifinais e na outra chave o Operário espera o vencedor de J. Malucelli e Foz. No jogo de ida, o Foz venceu por 3 a 1 e, agora, pode até perder por 1 gol de diferença que garante a vaga. Vitória do Jotinha por 2 gols de diferença leva a decisão para os pênaltis contra o time de Foz do Iguaçu. Para avançar, o Jota precisa vencer por 3 ou mais gols de vantagem. Para J. Malucelli, Operário e Foz, além da vaga nas semifinais, estão em jogo as vagas paranaenses na série D do Campeonato Brasileiro.

cascavel - estadio

Paraná e Coritiba jogarão no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel, no domingo, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense. A transferência do local da partida foi anunciada após o Corpo de Bombeiros não renovar o laudo de segurança que habilitaria a Vila Capanema para receber o jogo.

A diretoria do Coritiba tentou transferir o jogo para o Couto Pereira, mas a FPF vetou o pedido. A Arena da Baixada, outra possibilidade, foi descartada pelos dirigentes por causa das condições do gramado.

coritiba e parana1

edgar- cascavel

A decisão do TSE, proferida ontem, respaldou o que a população de Cascavel já havia decidido nas urnas em 2012: Edgar Bueno (PDT) é o prefeito de Cascavel. Perdeu mais uma vez o deputado Professor Lemos (PT) que entrou na Justiça Eleitoral, depois do resultado das eleições, porque a campanha de Edgar Bueno afirmou que o petista não residia em Cascavel.

A decisão que mantém Bueno no cargo foi proferida pela ministra do TSE Luciana Lócio. “Não se pode perder de vista que a necessidade de preservação da vontade manifestada nas urnas impõe a esta Justiça Especializada prudência na cassação de mandatos, quando os fatos não se mostrem hábeis a interferir no equilíbrio da disputa.” Para o advogado de Bueno, Olivar Coneglian, a decisão traz sossego ao prefeito. “Agora desaparece qualquer sombra para ele”, disse o advogado. “Ele pode terminar o mandato tranquilamente”, afirmou.