Tag

Cascavel

Browsing

rebeliao - penitenciaria

O governo do Paraná definiu, no início da noite de ontem, um pacote severo de medidas para conter a série de rebeliões que desde o início do ano se alastrou pelo sistema penitenciário do estado. Por meio de uma resolução (n.º 560/14), a Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) proíbe, a partir de hoje, que os presos rebelados sejam transferidos para outras unidades penais. Além disso, o governo formulou um anteprojeto de lei que obriga as operadoras de telefonia móvel a bloquear os sinais nas prisões do estado. Só neste ano, 4.647 celulares foram apreendidos com detentos paranaenses. As informações são da Gazeta do Povo.

oas - repasse

O cruzamento das informações prestadas em depoimento à Justiça pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e pelo doleiro Alberto Youssef, com os dados da campanha eleitoral de 2012, permitem verificar que parte dos recursos desviados através do esquema conhecido como “Petrolão” irrigou a campanha milionária do petista Professor Lemos à Prefeitura de Cascavel.

Segundo os áudios dos depoimentos, a propina cobrada das empreiteiras beneficiadas nas licitações era de 3%, dos quais 2% se destinavam ao PT e 1% para o PMDB ou PP. Treze empreiteiras foram citadas no depoimento como participantes do esquema, entre elas a Camargo Corrêa, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez, UTC Engenharia e Mendes Junior.

foto - fernando parrancho - rpctv

Do G1 PR:

Após 48 horas, acabou a rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG), na região central do Paraná. O motim começou no fim da manhã de segunda-feira (13) e terminou por volta das 11h30 desta quarta-feira (15). Treze agentes penitenciários e diversos detentos foram feitos reféns, de acordo com a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) do Paraná. Até pouco antes do fim da rebelião, oito pessoas haviam ficado feridas, sendo cinco presos e três agentes penitenciários. Com o fim do motim, todos os agentes reféns foram encaminhados a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. O balanço final, como a contagem de presos, quantidade de feridos e estado de saúde de todos os envolvidos, ainda deve ser informado pela Seju.

ministro_saude - ebola

Estadão conteúdo

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, informou neste sábado (11) que o resultado do exame no paciente Souleymane Bah, de 47 anos, primeiro paciente no Brasil suspeito de estar infectado por Ebola, deu negativo, mas que uma eventual infecção pelo vírus só poderá ser descartada com a análise de uma segundo exame, cujo resultado será divulgado nesta segunda-feira (13). Chioro reiterou que o risco de transmissão da doença é baixo no País e que a rede brasileira de saúde está pronta para lidar com a questão.

paciente - ebola

Do Globo:

O Ministério da Saúde informou na manhã deste sábado que o paciente Souleymane Bah, recém chegado da Guiné, não está com ebola, como autoridades sanitárias chegaram a suspeitar. Os exames, que deram resultado negativo, foram feitos pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém, referência número um no assunto no país. O instituto terá ainda que fazer uma novo teste em 48 horas como determina o protocolo médico nesse caso. Mas as chances de um resultado diferente são consideradas remotas.

Segundo a pasta, o paciente seguirá internado no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI), da Fiocruz, até que o resultado do segundo exame seja divulgado.

ebola_nova_cascavel

Do G1:

O Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Paraná confirmaram, na noite desta quinta-feira (9), que um paciente internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) II, em Cascavel, no oeste do Paraná, está com suspeita de ter contraído o vírus ebola. O homem, de 47 anos, chegou ao Brasil vindo da Guiné, um dos três países africanos que passa por um surto da doença.

O homem está isolado na UPA. “É um protocolo e estamos esperando orientação da secretária de saúde do estado para decidir quais medidas serão tomadas”, afirmou o secretário de saúde de Cascavel, Reginaldo Andrade. Segundo o Ministério da Saúde, o homem estava subfebril e sem hemorragia ou outros sintomas da doença. Leia a nota da pasta abaixo.

igreja_g1_p

Do G1:

O Conselho Econômico da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Cascavel, no oeste do Paraná, denunciou um padre e três funcionários pelo desvio de R$ 800 mil desde 2011. Segundo a denúncia, o dinheiro de doações e de eventos promovidos pela paróquia eram desviados com falsos relatórios.

O Arcebispo Metropolitano de Cascavel, Dom Mauro Aparecido dos Santos, confirmou que houve falsificação de assinaturas em documentos. “Os integrantes do conselho disseram que a assinatura do tesoureiro foi falsificada”, afirmou o religioso.