Tag

cavalos

Browsing

Bastou a Folha de S. Paulo e a Veja repercutir os gastos de R$ 8 milhões com seus 88 cavalos e o malfadado projeto contrário à defesa do consumidor nas compras com cartão de crédito, que o senador Roberto Requião (PMDB) passou a agredir a imprensa. “A mídia canalha distorce o projeto dos cartões de credito e cria noticia idiota e sobre cavalos que nunca tive. FDPs”, postou Requião em seu Twitter.

“Bati no trambique dos cartões de credito e propus lei de direito de resposta. Folha e Veja me difamam! São uns merdas, ganharemos a parada”, adianta. Sobrou até para o Ministério Público. “MP não investiga escandalos (sic) da Copel,
estradas sem empenho e ações da Sanepar mas quer saber que capim cavalos pastavam no Kanguiri. Argh!”, escreve Requião em outro post no microblog.

requiao twitter 10.08

De Luiz Geraldo Mazza, Folha de Londrina:

O ambiente pré-revolução francesa do Canguiri volta à toda força na campanha eleitoral resgatando o período em que lá morava o governador Requião e se divertia de quadriciclos ou em cavalgadas.

Aliás, o Canguiri tem estórias de humildade como a de José Richa que lá habitou e por vezes se via até sob risco de picadas de cobras, isso sem falar nas goteiras que atingiam o seu quarto. Mas tem também as de opulência como a passagem por lá, e como simples visitante, do general Mário Gomes, a quem se acusava de ter comido todos os perus da granja e, é claro, superando tudo isso, os tempos de Requião.

Enfim o humor voltou às campanhas eleitorais. Está nas redes: o senador Roberto Requião (PMDB) ganhou uma versão do funk “Eguinha Pocotó”, do MC Serginho. O vídeo, que viralizou através das redes, faz referência às manchetes de jornais e revistas e os 88 cavalos do senador que teriam custado R$ 8 milhões aos cofres públicos para serem cuidados entre 2003 e 2010 na PM do Paraná.

requiao cavalo3

De Rodrigo Constantino, Veja:

Roberto Requião é conhecido por seus discursos inflamados e nacionalistas, sempre com forte viés de esquerda. É até aliado dos invasores do MST. Mas na hora de cuidar de seus cavalos…

A estrutura do governo do Paraná foi utilizada para a manutenção de cavalos do senador Roberto Requião, candidato do PMDB ao governo estadual –indicam documentos de inquérito da Polícia Militar. O Ministério Público do Estado também investiga o caso.

O emprego da estrutura da PM para cuidados e transporte de 88 animais, de raças como mangalarga e quarto de milha e nomes como “Lambão”, “Boate” e “Monarca”, ocorreu na gestão de Requião no Paraná, de 2003 a 2010.

Considerando o custo mensal de manutenção de cada cavalo (R$ 1.000 a R$ 1.500), o gasto com os animais do senador pode ter superado o valor de R$ 8 milhões.