Tag

cela

Browsing

marcelo ode

Leandro Mazzini, Coluna Esplanada

Após o terceiro pedido de prisão pelo juiz federal Sérgio Moro, o comportamento do empreiteiro Marcelo Odebrecht mudou no complexo médico-penal de Pinhais (PR), com a suspeita de que não sairá tão cedo do lugar.

O empresário dono do maior grupo do País vive turrão, desobedece regras da carceragem e faz ar de deboche para agentes, segundo relatos de policiais. Em alguns casos, cruza os braços em vez de posicioná-los à frente do corpo, quando os detentos andam em fila.

de Fernando Castro, G1:

A Polícia Federal (PF) revistou a cela onde o ex-deputado federal André Vargas está preso em Curitiba, após o perfil dele no Twitter postar uma mensagem onde se lia: “Olá,”. Foram feitas duas revistas na segunda-feira (18) para tentar localizar algum celular ou dispositivo, mas, conforme a PF, nada foi encontrado.

vargas -twitter 22
Imagem: Reprodução

A mensagem foi postada na manhã de segunda, mesmo dia em que a Justiça Federal aceitou uma denúncia contra ele. Vargas está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 10 de abril, e responde pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, e organização criminosa. Conforme o Ministério Público Federal, enquanto era deputado, Vargas recebeu em nome de empresas valores desviados de contratos do Ministério da Saúde e da Caixa Econômica Federal.

do Painel, Folha de S. Paulo:

Advogados dos presos da Lava Jato relatam que seus clientes estariam sendo submetidos a pressão psicológica para aderir à delação premiada.

A senha
Uma das ameaças feitas pelos agentes da Polícia Federal, segundo os criminalistas, é: “Vocês vão para Piraquara”, numa referência ao maior complexo penitenciário paranaense.

Veja bem
Questionados sobre por que, diante disso, não denunciam a prática à OAB, advogados dizem que é difícil provar a coação, que seria velada e nunca praticada diante de testemunhas.

lava jato - presos

Os presos na Operação Lava Jato estão dormindo em colchões no chão dos corredores da carceragem da Polícia Federal do Paraná, relatam os advogados que visitaram os clientes na tarde deste sábado (15). As informações são da Folha de S. Paulo.

Segundo os defensores, o espaço da carceragem não é suficiente para acomodar as 23 pessoas detidas na operação que estão na superintendência.