Tag

Colombo

Browsing

Os paranaenses poderão, a partir de 1º de julho, substituir a geladeira ou freezer antigo por um novo, mais eficiente, com desconto de 45% no preço do novo eletrodoméstico. O programa Lar Eficiente foi lançado nesta quarta-feira (24) pelo governador Beto Richa e pelo presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna. Richa lançou, ainda, os projetos Luz na Escola, que também vai reduzir a despesa com energia, e o Fatura Solidária, que destina recursos para entidades sociais em troca da adesão, pelo consumidor, à fatura por e-mail.

“Além de todos os investimentos na área energética que fazem com que a Copel seja reconhecida internacionalmente pela boa qualidade dos serviços prestados à população, a companhia tem investido no lado social”, afirmou Richa. “Além de ampliar a faixa de isenção para consumidores de baixa renda, de 100 kWh para 120 kWh, a empresa desenvolve projetos como estes, que beneficiam a população e contribuem com a preservação do meio ambiente”, disse. “A Copel é uma empresa de todos os paranaenses e tem sido fortalecida em nossa gestão. É uma empresa sólida que tem hoje uma gestão competente”, destacou.

colombo1

de Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento, Banda B:

Uma tentativa de fuga em massa da Delegacia sede de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, terminou de forma cômica na madrugada desta segunda-feira (27). Por volta das 6h, socorristas do Corpo de Bombeiros foram chamados ao local para serrar o teto do local e tentar ‘salvar’ um preso mais ‘gordinho’, que entalou no buraco feito pelos detidos.

A Polícia Civil não confirma, mas alguns presos antes do ‘gordinho’ conseguiram fugir. Os outros ficaram irritados com a peripécia do companheiro de cela. O soldado Julio, da Polícia Militar (PM), falou sobre o caso à Banda B.

Do Globo:

Mesmo após as eleições, 623 políticos continuam com a situação de suas candidaturas indefinida. A solução desses casos poderá promover uma dança das cadeiras entre os eleitos. Desses, pelos menos 28 se elegeram, mas enfrentam recursos na Justiça Eleitoral. Entre eles há três governadores: Raimundo Colombo (PSD-SC), Marcelo Miranda (PMDB-TO) e Waldez Góes (PDT-AP).

richa santa casa colombo kissner

O governador Beto Richa visitou nesta quinta-feira (25) a Santa Casa de Misericórdia Nossa Senhora do Rosário, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Richa garantiu o repasse mensal de R$ 200 mil para custeio da instituição, além de mais de R$ 1 milhão para equipamentos para o centro cirúrgico. Com isso, a Santa Casa, que estava sem atender desde 2012, será reaberta no início de outubro.

“Esse investimento vai permitir o retorno do atendimento da Santa Casa, que é referência para a população de Colombo e de vários municípios da região”, ressaltou Richa. “Essa iniciativa faz parte da política de apoio e valorização do governo estadual aos hospitais filantrópicos paranaenses, para fortalecer o atendimento aos pacientes do SUS”, afirmou o governador.

Do G1 PR, com informações da RPC TV:

O Ministério Público do Paraná decidiu investigar as denúncias contra a prefeita de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, Beti Pavin (PSDB). Uma reportagem da RPC TV mostrou que ela teria contratado pelo menos 12 parentes dela e do presidente da Câmara José Renato Strapasson (PTB), conhecido como Pelé.

Conforme a reportagem, todos os parentes ingressaram na prefeitura a partir de janeiro deste ano. Eles foram contratados em cargos de comissão. Ao todo, são quatro secretários municipais, três diretores de departamento, três chefes de setor, um secretário de gabinete e uma procuradora. Para o Ministério Público, essas contratações são ilegais. O MP pediu à prefeitura que envie, em até 10 dias, o nome de todos os comissionados contratados pela atual gestão.

Saiba mais:
Beti Pavin emprega 12 parentes na prefeitura de Colombo

Beti Pavin, Prefeitura, Colombo, nepotismo, parentes

Do G1 PR, com informações da RPC TV Curitiba:

Na prefeitura de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, doze funcionários são familiares da prefeita Beti Pavin (PSDB) e do vereador e ex-prefeito interino, José Renato Strapasson (PTB). São quatro secretários municipais, três diretores de departamento, três chefes de setor, um é secretário de gabinete e uma é procuradora. Todos foram nomeados neste ano e, de acordo com o Ministério Público (MP), de forma ilegal.

Este mandato na Prefeitura de Colombo teve um início conturbado. Apesar de Beti Pavin ter sido eleita, José Renato Strapasson, chamado de Pelé, assumiu o cargo. Isso porque Pavin foi considerada ficha suja pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A decisão, que a tornou inelegível, foi tomada ainda antes das eleições de 2012, mas, como Pavin não indicou outro nome para encabeçar a chapa, os votos concedidos a ela foram considerados nulos. Em fevereiro, o imbróglio jurídico foi resolvido parcialmente quando o ministro Marco Aurélio Mello, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em uma decisão monocrática, concedeu uma ação cautelar que permitiu que a tucana assumisse o cargo.