Tag

condenado

Browsing

brasileiro - indonésia1

Autoridades indonésias disseram nesta quinta-feira (23) que esperam anunciar em breve a data de execução de um grupo de condenados por tráfico de drogas, depois que o tribunal mais importante do país rejeitou o recurso final de todos, com exceção de um. As informações são da EFE/Gazeta do Povo.

No grupo está o paranaense Rodrigo Muxfeldt Gularte, de 41 anos, preso há dez anos no país, acusado de tráfico de drogas. Mais da metade do grupo de 10 prisioneiros que devem enfrentar o pelotão de fuzilamento são estrangeiros. O caso tem abalado as relações do governo de Jacarta com Austrália, França e Brasil.

mac donald -2

A Justiça em Foz do Iguaçu condenou o ex-prefeito Paulo Mac Donald (PDT) e seu assessor Wadis Benvenutti por fraude em licitação realizada em 2007. Uma empresária também foi condenada. O ex-prefeito, segundo denúncia do MP acatada pela 2ª Vara Criminal, direcionou a licitação para contratação de empresa que captava recursos junto aos governos estadual e federal. Mac Donald foi condenado a dois anos e três meses de detenção em regime aberto, convertido em duas penas: não pode exercer cargo público ou eletivo pelo mesmo período e deve arcar com multa no valor de dez salários mínimos.

rodrigo - g.

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, rejeitou nesta terça-feira o pedido de clemência feito pelo governo brasileiro em nome do iguaçuense Rodrigo Muxfeldt Gularte, de 42 anos, condenado à morte por tráfico de drogas. Em nota, o Itamaraty confirmou a recusa e afirmou que “irá esgotar todas as possibilidades de comutação da pena do nacional Rodrigo Gularte permitidas pelo ordenamento jurídico da Indonésia”. As informações são da Veja.

unnamed

O ex-prefeito de Realeza e ex-assessor da Casa Civil de Gleisi Hoffmann, Eduardo André Gaievski sofreu nova condenação por estupro de vulnerável. O juiz Christian Reny Gonçalves condenou o petista a 10 anos e 6 meses de prisão por manter relações sexuais com menores de 14 anos.

A lei brasileira considera estupro de vulnerável qualquer relação sexual com menores de 14 anos. No caso julgado, Gaievksi era acusado de fazer sexo por duas vezes com uma menina de 12 anos.

Do Painel, Folha de S. Paulo:

José Dirceu, condenado e preso no mensalão, pediu ajuda à cúpula do PT após o primeiro turno. O ex-ministro quer dinheiro para saldar dívidas de campanha do filho, o deputado reeleito Zeca Dirceu (PT-PR).

Ajuda de cima

Até agosto, o parlamentar declarou ter recebido R$ 617 mil da direção nacional do PT, mais de 60% do total de suas receitas. Mas ainda faltava muito para cobrir o teto de gastos, estimado em R$ 4 milhões.

youssef condenado

Da Folha de S. Paulo:

O doleiro Alberto Youssef foi condenado nesta quarta-feira (17) a quatro anos e quatro meses de prisão por empréstimos fraudulentos que fez no Banestado, banco estatal do Paraná que fez uma série de operações ilegais com dólar nos anos 1990.

Youssef havia sido perdoado por esse crime no acordo de delação premiada que fez em 2004. Mas, como Youssef desrespeitou a promessa de não voltar a atuar no mercado paralelo de dólar, o processo foi reaberto em maio deste ano pelo juiz Sergio Moro, responsável pela operação Lava Jato. A ação penal havia sido instaurada em 2003.

É a primeira condenação do doleiro desde que ele foi preso em 17 de março deste ano pela Operação Lava Jato da Polícia Federal, sob acusação de comandar esquema de lavagem que teria movimentado R$ 10 bilhões.

Sergio Escudero, Coritiba, insulto, condenado, TJD, Atlético Paranaense, Atletiba

Da Gazeta do Povo:

Em julgamento na 2ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR), o zagueiro Escudero, do Coritiba, foi suspenso por 360 dias e terá que pagar uma multa de R$ 500 por causa das ofensas postadas no microblog Twitter – ele chamou os atleticanos de “porcos” após o primeiro Atletiba da final do Paranaense.

O jogador alegou que o seu irmão foi o responsável pelas declarações, mas o argumento não foi aceito pelo tribunal, que considerou que a fala incitou a violência. A punição o deixa fora da Copa do Brasil e de todo o Campeonato Brasileiro deste ano. O Alviverde, no entanto, vai entrar com recurso contra a decisão no pleno do TJD e, na sequencia, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Saiba mais: Escudero ganhará ‘puxão de orelha’ após polêmica em rede social