Tag

corrupção impeachment

Browsing

images
Por Fábio Campana

Bastou Dilma Rousseff sair do sufôco extremo para que a caterva do PT se enchesse de vento e voltasse à soberba e às iniciativas de sempre, inclusive as impublicáveis. A própria Dilma diz ao povo que “ela enverga mas não quebra”, certa da impunidade e de ter escapado do impeachmente graças às manobras no STF.

Os acusados de corrupção, inclusive Gleiei Hoffmann, fazem pose de vítima e atacam. Os que estão presos pela Lava Jato são tratados como heróis. Com a chegada de Nelson Barbosa ao comando da economia, os petistas vão apresentar uma proposta econômica que será entregue à presidente Dilma Rousseff antes do Ano Novo. Nela estará incluída a CPMF e generosas compensações aos assalariados, como a criação de novas faixas do Imposto de Renda. Eles já se reuniram com o chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, para discutir detalhes da proposta.

O partido acha que, agora com Nelson Barbosa, há espaço para discutir uma nova política que faça, ao mesmo tempo, o ajuste e traga esperança aos desenvolvimentistas. No plano, não há menção a cortes, ou seja, se levado adiante, a conta não vai fechar. Como nunca fechou sob o domínimio do PT.