Tag

denúncia

Browsing

A GLOBO EDITA A ENTREVISTA COM TONY GARCIA. A EXTENSÃO DO MATERIAL, A RIQUEZA DE DETALHES, O NÚMERO DE PERSONAGENS ENVOLVIDOS QUE NÃO RESPONDEM À EMISSORA, DEVEM LEVAR A DIVULGAÇÃO DA ENTREVISTA COM TONY GARCIA PARA O INÍCIO DA SEMANA QUE VEM.

O empresário Tony Garcia deu entrevista que durou hora e meia para o Jornal Nacional da Globo no final da manhã. A previsão era de que ao menos parte dela irá ao ar ainda na noite de hoje. Virou guerra aberta. Quem ouviu diz que é “nitroglicerina pura”. Tony contestou todas afirmações de Deonilson Roldo, mostrou sua versão e as circunstâncias das negociações com a Bertin Engenharia e afirmou que o ex-governador sabia de toda a transação com empreiteiras que envolveu seu ex-secretário chefe de gabinete. E para ampliar o noticiário, jogou combustível no incêndio ao introduzir novos personagens na trama, entre eles empresários de alto e de médio coturno, deputados do alto e do baixo clero e remanescentes do antigo governo.

cunha eduardo

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), retirou nesta segunda-feira o sigilo da denúncia contra o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O material de toda a investigação, que culminou na denúncia contra Cunha em agosto por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, estava sob sigilo desde outubro, quando Janot incluiu no documentos trechos da delação do lobista Fernando Baiano. As informações são de Veja com Estadão.

O peemedebista também é alvo de uma segunda investigação no Supremo, referente às contas encontradas na Suíça da qual sua família é beneficiária.

ODEBRECHT

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, aceitou denúncia contra o presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e mais 12 pessoas, incluindo executivos e ex-executivos da empresa, intermediários de pagamentos, o doleiro Alberto Youssef e ex-funcionários da Petrobras – os ex-diretores Paulo Roberto Costa, Renato de Souza Duque, além do ex-gerente Pedro Barusco Filho.

Com a aceitação da denúncia, todos passam a ser réus e deverão responder por lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção. As denúncias contra executivos da Andrade Gutierrez, feitas pelo Ministério Público Federal na última sexta-feira, juntamente com a Odebrecht, foram desmembradas e deverão ser alvo de uma nova decisão judicial.

De O Globo

fernanda-richa - bandab

da Banda B:

Fernanda Richa tem sido uma das vítimas que mais sofrem com a campanha que tenta destruir a imagem do governo Beto Richa e da sua adminstração. Os adversários não se impõem limites. Ela decidiu desabafar. Falou sobre todos os temas mais candentes neste momento na vida política paranaense. Não deixou de responder a nenhuma pergunta. Após mais um boato de que seu casamento como o governador Beto Richa estaria prestes acabar, após 30 anos, a primeira-dama Fernanda Richa falou à Banda B sobre o tema.

“Em algumas eleições, arranjaram várias mulheres pro Beto e vários filhos. Agora falam que o meu casamento está acabando e estamos só esperando as coisas melhorarem para se separar”, disse Fernanda em um dos trechos do Programa Rádio Banda B Debate, que vai ao ar neste domingo, ao meio-dia.

O governador Beto Richa voltou a afirmar nesta quarta-feira (27) que o Paraná é maior do que todas as crises e que o estado não ficará parado em função do que classificou como insultos e baixarias “contra o governo, a mim e a minha família”. “Contra os ataques e armações, nossa resposta será trabalhar, trabalhar e trabalhar”.

“Nosso governo não será lembrado pelas calúnias dos nossos adversários. O nosso governo será lembrado no futuro como uma referência de trabalho e de eficiência”, disse Richa. Ele fez um balanço da administração e citou alguns indicadores que mostram o bom momento do Paraná. O governador afirmou que não há dúvida que os êxitos alcançados pelo governo do Paraná em áreas como a educação, saúde, criação empregos e infraestrutura. “O Paraná saberá, ao seu tempo, distinguir o certo do errado, a verdade da mentira, o justo do injusto”.

Editorial, Estadão:

Sempre cobrado pela tibieza de seu comportamento como principal partido da oposição desde o primeiro mandato de Lula, inclusive quando estourou o escândalo do mensalão, o PSDB demonstrou em seu programa gratuito de televisão veiculado na terça-feira a disposição de endurecer as críticas ao governo petista, fazendo eco às manifestações de protesto que têm levado milhões de brasileiros às ruas. Coube ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, secundado pelo senador Aécio Neves, presidente nacional do partido, elevar o tom dos ataques, mirando principalmente em Lula, a quem atribui a responsabilidade pela “raiz da crise atual”.

“Estou enfrentando com coragem toda essa armação política, a divulgação dessas acusações, delações premiadas que nem podiam ser divulgadas. Existe um complô político para desviar o foco dos escândalos de corrupção que envergonham o Brasil. É mensalão, é petrolão. Se for mexer no BNDES possivelmente será pior. Pela minha honra e minha família, eu não aceito essas acusações. Querem me arrastar para o mar de lama onde eles estão atolados”. – do governador Beto Richa na entrevista para Fernando Rodrigues, do programa Poder e Política, no UOL.

vaccari1_

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque e o executivo Augusto Mendonça foram denunciados pelo MPF nesta segunda-feira (27) pela lavagem de R$ 2,4 milhões. Os procuradores identificaram 24 operações de lavagem de dinheiro entre abril de 2010 e dezembro de 2013. O juiz federal Sérgio Moro deve acatar a ação.

C

O Governo do Paraná, por meio da Controladoria Geral do Estado, está criando uma série de mecanismos para que os cidadãos possam denunciar casos de corrupção em órgãos do Executivo. Quem detém informações de agentes públicos envolvidos nessas situações já pode fazer a denúncia pelo 0800 41 11 13.

Também estão sendo elaborados um site, um e-mail e uma página no Facebook que funcionarão como um canal direto entre a população e governo estadual. “Levando em conta o ditado popular que diz que ‘onde há fumaça, há fogo’, vamos analisar todos os casos e criar um banco de dados para termos acesso e apurar com seriedade essas denúncias”, explica o controlador-geral do Estado, Carlos Eduardo de Moura.

De acordo com Moura, as informações poderão ser repassadas de forma anônima, para não comprometer quem denuncia. “Desde o início de sua gestão, o governador Beto Richa tem se comprometido com a transparência no Executivo. Nossa proposta é dar uma resposta rápida ao cidadão e contribuir com o combate à corrupção nos órgãos públicos”, ressaltou.

A página no Facebook e o e-mail para fazer as denúncias serão divulgados nesta segunda-feira (23).