Tag

doático

Browsing

doatico delazari

O advogado Luiz Fernando Delazari, assessor jurídico do senador Roberto Requião (PMDB), chamou os peemedebistas Acir Mezzadri e Doático Santos de “viúvas de Requião” ao contestar a ação movida pelo Fórum Nacional do Transporte, acatada pela Justiça, em que defende que Requião devolva R$ 40 milhões aos cofres públicos – recursos que teriam sido desviados em contratos malversados de fiscalização dos pedágios no Paraná.

“A ação popular de autoria das “viúvas” Acir Mezadri e Doático Santos, contestando contrato feito pelo estado na medição da qualidade de asfalto (medido pelo Tecpar), no governo Requião, não tem qualquer fundamento e muito menos a informação de que o então governador teria que reembolsar R$ 40 milhões aos cofres públicos”, disse Delazari ao Paraná Portal.

Com o objetivo de acompanhar  e apoiar a implementação do plano de gestão do governador Beto Richa, estarão reunidos na nesta quinta-feira (12) líderes comunitários, sindicais, estudantis e militantes partidários das agremiações que integram a administração estadual do Paraná.

A reunião será realizada  no auditório do hotel Caravelle (rua Cruz Machado, 282),  com  inicio às 19h, e dentre outros assuntos, vai promover o lançamento de um informativo, abordando temas da conjuntura política paranaense. A primeira edição deste informe traz a manchete: “Beto promove ajuste para assegurar investimentos”. Na sequência, resposta à oposição: “Viúvas do 2º turno – que não houve na eleição paranaense – tentam recriar os proscritos piquetes”.

rec

Festa nos arraiais do PMDB de Requião. Por tres votos a zero, o Tribunal de Justiça validou a convenção extraordinária que derrubou a executiva do partido presidida por Orlando Pessuti. A decisão da convenção extraordinária que destronou Pessuti e colocou em seu lugar o grupo de Requião, foi referendada pela direção nacional do PMDB.A maioria da executiva de Pessuti apoiou a reeleição do governador Beto Richa.

doatico180612

Artigo de Doático Santos

Primeiro eles criaram o maior esquema de corrupção já visto no país, indo do mensalão ao assalto da Petrobras. Agora para desviar o foco do mar de lama que cerca o partido programam greves e manifestações pelo país.

Este é o legado do PT no poder. No Paraná, infiltrados na agitação da greve dos professores patrocinam ato vergonhoso de vandalismo tentando impedir votação no plenário da Assembleia Legislativa. Ao invés de manifestação de professores (as), concentração transformou-se em selvageria de fazer inveja aos black blocs.

doático e pessuti

No que depender dos deputados do PMDB, o processo interno contra Orlando Pessuti e Doático Santos, hoje desafetos do senador Roberto Requião, caminha para o esquecimento. Ligado a Requião, o deputado Nereu Moura defendeu na coluna Informe, da Folha de Londrina, que os processos, abertos no calor da campanha eleitoral, convirjam para o “entendimento” e enalteceu a importância de Pessuti para os quadros do partido, que precisa retomar a união. “Embora a briga de Requião e Pessuti seja pública, não temos mais espaço para isso dentro do PMDB”, disse.

unnamed

Em reunião com a sua turma, o ex-governador Orlando Pessuti falou da sua convicção de que no julgamento marcado para a próxima semana, o recurso contra o “golpe requianista”, terá provimento e os legítimos dirigentes do PMDB do Paraná serão reempossados na Comissão Executiva Estadual.

Durante o processo eleitoral o candidato derrotado Roberto Requião, numa reunião de quermesse destituiu, ‘sic’, o presidente Osmar Serraglio, o secretário geral Orlando Pessuti e ainda os membros da Executiva Estadual Alexandre Curi, Stephanes Junior e Doático Santos.

Em processo que será julgado nesta terça-feira (02), às 13:30h, pela 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, o grupo liderado por Serraglio e Pessuti, espera decisão favorável para retomar imediatamente a direção peemedebista no estado.

0410 parana total boca maldita

Dissidentes do PMDB movimentaram a Boca Maldita na manhã de hoje, véspera das Eleições. Acompanhado de lideranças sociais, comunitárias e do cavalo Benedito, o grupo liderado por Doático ofuscou o protesto organizado por Roberto Requião, do PMDB, e os petistas nativos. A banda Vovó Dallas recebeu Requião, que estava na rua XV acompanhado de seu filho Maurício e outros familiares, com a música “Vou Festejar”. “Você pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão”, cantaram os manifestantes, para o visível constrangimento de Requião.

nota volta pessuti

Nem bem o senador Roberto Requião (PMDB) anunciou a expulsão do ex-governador Orlando Pessuti do partido, a dissidência do PMDB resolveu reagir de forma contundente e vai lançar o movimento “Volta, Pessuti! Fora, Requião!”, a partir das 18h30 de hoje (terça-feira, 30) no Hotel Caravelle em Curitiba. “Se alguém está sobrando no partido é o Requião, que provavelmente vai perder já no primeiro turno, causando uma série de prejuízos ao partido”, disse Doático Santos, secretário-geral do PMDB de Curitiba, um dos líderes da dissidência.

Ainda segundo Doático, o movimento já conta com 1/3 das assinaturas dos membros do diretório estadual, que, segundo o estatuto do partido, é o suficiente para convocar uma reunião extraordinária do diretório. Essa reunião teria o intuito de anular a reunião extraordinária anterior convocada pelo Requião, restabelecendo o deputado Osmar Serraglio como presidente estadual do PMDB, e o ex-governador Orlando Pessuti como secretário-geral. “Estamos articulando um grande número de filiados do PMDB, para prestar esse solidariedade ao Pessuti, que fez muito mais pelo partido e teve uma atuação mais importante que Requião”, complementa Doático.

bala banana gif - dissidentes

Os dissidentes do PMDB entregaram hoje (terça-feira, 30), 200 quilos de balas de banana na Boca Maldita em Curitiba. As balas fazem alusão à bala de prata do senador Roberto Requião (PMDB) que falhou na noite de segunda-feira (29). “Vamos continuar entregando as balas aos debatedores de hoje à noite na RPC, adoçando as bocas amargas desta eleição, e valorizando a produção paranaense, já que as balas são de Antonina. Na Boca Maldita, as balas fizeram o maior sucesso”, disse Doático Santos, secretário-geral do PMDB de Curitiba e coordenador do comitê da Frente Ampla.