Tag

empate

Browsing

Infográfico: G1 datafolha - g1 25.10

O Datafolha ouviu 19.318 eleitores em 400 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo, está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01210/2014.

marina e aécio debate band

A virada de Aécio Neves (PSDB) pode ser considera mais surpreendente que a ascensão de Marina Silva (PSB). Aécio, que na primeira semana de setembro chegou a ter menos da metade das intenções de voto de Marina nas pesquisas (34% x 14% no primeiro Datafolha de setembro, 38% x 17% no Ibope da mesma semana), chegou na véspera das eleições como o favorito para disputar o segundo turno com Dilma Rousseff (PT). Ibope e Datafolha colocaram Aécio Neves à frente de Marina Silva hoje.

Resta saber se amanhã as urnas confirmarão a virada histórica de Aécio.

datafolha presidencial 04.10.2014

Do G1:

O Datafolha ouviu 18.116 eleitores nos dias 3 e 4 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01037/2014. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

Veja a pesquisa completa.

aécio dmarina e dilma

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, manteve a tendência de crescimento e ultrapassou pela primeira vez a candidato do PSB, Marina Silva. É o que aponta a pesquisa CNT/MDA divulgada neste sábado (4).

A presidente Dilma manteve o primeiro lugar, com 40,6% das intenções de voto, um desempenho estável desde a última rodada, quando aparecia com 40,4%. Aécio Neves, que aparece em segundo lugar, cresceu 4,2 pontos e alcançou a preferência de 24% do eleitorado.

Já Marina voltou a cair e tem agora 21,4% das intenções de voto, 3.8 a menos do que o último levantamento. A margem de erro é de 2,2 pontos. Luciana Genro (PSol) aparece em quarto lugar, com 1,1%. Depois surgem Pastor Everaldo (PSC) com 0,8% e Levy Fidelix (PRTB) com 0,5%. Os outros candidatos pontuam 0,6%. Brancos e nulos somam 5,2% e 5,8% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

aécio - istoé

Da Istoé:

A pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada entre a terça-feira 30 de setembro e a sexta-feira 3 indica que 14,4% dos eleitores admitem mudar de voto e que outros 9,4% ainda não definiram em quem votar para a sucessão presidencial. É esse universo de aproximadamente 35 milhões de eleitores que irá definir quem deverá enfrentar a presidenta Dilma Rousseff (PT) no segundo turno: Aécio Neves (PSDB) ou Marina Silva (PSB). A tendência, segundo Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus, é a de que o tucano passe para a fase final da disputa. “Os números mostram que Marina vem perdendo votos diariamente, em movimento contrário ao de Aécio, que em menos de um mês teve um crescimento de pontos percentuais no índice de intenção de voto”, diz Guedes. “Soma-se a isso o fato de que a perda de votos da candidata do PSB vem acompanhada de um aumento no seu índice de rejeição, o que representa uma dificuldade maior da candidata para obter o voto indeciso ou o voto mais volátil”, explica. O levantamento, realizado em 136 municípios de 24 Estados, mostra que o índice de eleitores que afirmam não votar em Marina de forma alguma saltou de 33% para 38,8% apenas nos últimos sete dias. No mesmo período, a rejeição ao tucano praticamente não variou.

isto é - sensus - infográfico