Tag

empregos

Browsing

O Paraná registrou um saldo positivo de emprego em agosto, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (23) pelo Ministério do Trabalho. A diferença entre admissões e demissões no mês ficou positiva em 533 vagas, invertendo a sequência de seis meses de saldos negativos no Estado.

O resultado de agosto representa também uma melhora em relação ao mesmo período do ano passado, quando as demissões haviam superado as admissões em 8.194 empregos. O desempenho do Paraná contrasta com o do Brasil, que fechou agosto com a eliminação de 33.953 postos de trabalho.

Coletiva Campagnolo - Foto: Rogério Theodorovy

Quase 80% das empresas cortaram ou reduziram os investimentos diante do cenário desfavorável, segundo pesquisa divulgada pela Fiep.

da Gazeta do Povo:

A crise está freando investimentos, provocando demissões e ampliando o pessimismo entre os industriais do Paraná. Pesquisa encomendada pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) revela que 78,8% das empresas industriais paranaenses já foram afetadas de alguma forma pelo cenário econômico desfavorável. Outras 14,4% acreditam que sentirão o impacto da crise até o fim do ano.

elias - jose

Um novo frigorífico de suínos que será construído em Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná, deve gerar oito mil vagas de trabalho, de forma direta ou indireta, segundo a direção. O projeto já está sendo desenvolvido, mas a obra só vai começar em 2016, mesmo assim moradores e empresários da cidade já estão animados. As informações são do G1-PR.

parana competitivo - grupo

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (04/11) o protocolo de intenções que inclui a empresa Gonçalves e Tortola (GT Foods) no programa de incentivos Paraná Competitivo, do Governo do Estado. O grupo atua há mais de vinte anos no abate e comércio de aves e vai investir R$ 205 milhões na ampliação de unidades em dez municípios paranaenses. A iniciativa deve criar mais de mil empregos diretos.

suplicy

Coube ao senador petista Eduardo Suplicy esclarecer a razão do baixo desemprego no País, um dos pilares do discurso de Dilma Rousseff nesta campanha. Na Voz do Brasil desta quinta-feira (23), Suplicy disse com todas as letras que a taxa de desempregados cai porque menos pessoas estão procurando trabalho. Para ele, a redução se deve ao fato de que o Brasil perdeu a capacidade de gerar novos postos formais de emprego.

paraná competitivo nt

O Programa Paraná Competitivo, de incentivo à industrialização, será ampliado nos próximos quatro anos para incluir médias empresas e aquelas já instaladas no Paraná. A ampliação vai assegurar a criação de mais 400 mil empregos com carteira assinada em todo o Paraná, até 2018. A meta foi apresentada por Beto Richa nesta segunda-feira (22), durante sabatina na Associação Comercial do Paraná em Curitiba. Desde 2011, o programa criado por Beto Richa, atraiu R$ 35 bilhões em investimentos e contribuiu para a criação de 368 mil empregos com carteira assinada, a maioria no interior do Estado. “Todos temos participação nesses resultados, são conquistas que divido com o setor produtivo”, afirmou Beto, que recebeu da direção da ACP um caderno com sugestões para os próximos quatro anos de gestão.

marcello richa

Durante visita a empresas de Fazenda Rio Grande nesta quarta-feira (27), o coordenador de redes sociais da coligação Todos pelo Paraná, Marcello Richa, afirmou que o Paraná vive um dos maiores ciclos industriais de sua história, com crescimento econômico e geração de emprego e renda para a população.

“Não existe programa social mais eficiente que a geração de empregos, que cria oportunidades para as famílias alcançarem sua emancipação. O governador Beto Richa sabe disso e, por meio de uma nova política industrial e gestão eficiente, trouxe novamente os investimentos da iniciativa privada, que contribuíram muito para a geração de mais de 366 mil novos empregos formais no estado”, afirmou Marcello Richa.

beto fiep

Em sabatina da Federação das Indústrias do Paraná nesta terça-feira (19), o governador Beto Richa fez um balanço da sua gestão e disse que o governo estadual continuará um parceiro de quem produz no Paraná. “Respeitamos quem produz e nos comprometemos a garantir melhores condições para que as empresas, que geram empregos e riquezas, possam crescer”, afirmou Beto Richa.

Richa lembrou que implantou no Estado um bom canal de diálogo que tem resultado em muitos avanços na infraestrutura, economia e na gestão pública. No final do evento, o governador recebeu um documento da entidade com propostas e recomendações para a política industrial paranaense.