Tag

família

Browsing

cunha - facebook

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) postou em seu perfil no Facebook uma foto com a família no Dia dos Pais.

–Agradeço a Ele todo ano por essa bênção –escreveu.

Um internauta observou as filhas do presidente da Câmara e arriscou uma brincadeira:

–Alguma vaga de genro em aberto, deputado?

O peemedebista entrou no clima e acabou com as pretensões do engraçadinho.

–Assista à TV Câmara e imagine como eu seria sendo sogro de Vossa Excelência! –escreveu para o seguidor.

Cunha incluiu emoticons para indicar riso e concluiu:

–Obrigado pelo carinho! Abraços!

do Painel, Folha de S. Paulo.

de Elizangela Jubanski, Banda B:

A vulnerabilidade das famílias que têm um parente internado em hospitais de Curitiba está sendo usada na aplicação de golpes. A ação acontece quando o golpista – por meio de uma ligação – entra em contato com a família de um paciente internado. Com todas as informações, como nome completo, médico responsável, plano de saúde, diagnóstico, o homem finge ser o plantonista do hospital e pede à família que um depósito seja feito, urgente. A justificativa do golpista, de acordo com o modus operandi, é que o serviço, que está sendo cobrado à parte, não integra os benefícios da cobertura do plano de saúde. Está feito o golpe.

Clique aqui e confira a reportagem completa e escute a gravação.

alta

A dona de casa Eliana de Araújo Santos, de 38 anos, sabe muito bem o quanto a inflação é perversa, sobretudo com os mais pobres. Pouco antes do Natal de 2014, ela decidiu preparar um frango para o almoço, a fim de fugir dos sucessivos reajustes da carne bovina, que havia subido 20% desde janeiro. Saiu de casa com R$ 10, imaginando voltar com o produto e, se possível, o troco para o pão do dia seguinte. “Escolhi o frango mais descongelado, para não pesar tanto, e, ainda assim, deu R$ 13. Não me esqueço do susto que tomei”, conta. Para não deixar os filhos Gabriel, de 4, e André Felipe, de 2, sem uma refeição “decente”, recorreu a um mexido. “É de assustar”, diz o marido, Ednaldo, de 41.

barros - metro curitiba

Do Metro Curitiba:

A família Barros, tradicional na política de Maringá, desembarca com ainda mais força em Curitiba a partir do ano que vem. Enquanto Cida Borguetti foi eleita vice–governadora e vai ocupar o posto no Palácio Iguaçu, a filha única do casal (com Ricardo Barros), Maria Victoria, de apenas 22 anos, foi eleita para ocupar um cargo na Assembleia Legislativa.

Curitibana, ela somou 44.870 votos no Paraná, sendo a terceira mais votada em Maringá, com cerca de 16 mil votos. Comemora, no entanto, ter conquistado eleitores em quase 90% dos municípios, sendo 5 mil deles em Curitiba. “Escolhi 55 cidades para trabalhar, até porque depois é difícil representar todos. E tive votação expressiva na capital”, diz.

Foto: Clelio Tomaz/Frame familia - campos

Do Estadão:

O ex-presidente Lula não tinha ligado até a noite de segunda-feira, 6 para a viúva de Eduardo Campos, Renata. Enquanto isso, o diretório do PSB em Pernambuco decidiu apoiar Aécio Neves no segundo turno. Essa decisão foi tomada após conversa dos dirigentes do partido com a família Campos. Pernambuco foi um dos dois Estados no qual a ex-ministra saiu vencedora nesta eleição, contando com o apoio dos parentes do ex-governador.

dilma - bolsa familia

Da Folha de S. Paulo:

Criado no governo Lula e transformado em uma das principais bandeiras da gestão petista, o Bolsa Família teve mais impacto para ajudar a presidente Dilma Rousseff (PT) a ampliar sua vantagem sobre os adversários nas eleições deste domingo (5) do que no primeiro turno de 2010.

Neste ano, os 150 municípios com maior cobertura do programa federal (famílias atendidas em relação ao total de habitantes) deram à presidente uma votação média de 77,8% dos votos, ou 36,2 pontos percentuais acima da média nacional de 41,6%.

Essa vantagem ficou 7,3 pontos acima da que ela teve na eleição anterior.

Veja o mapa dos votos de Dilma comparado ao mapa da cobertura do Bolsa Família.