Tag

fernando pimentel

Browsing

fernando pimentel -2

Vera Magalhães / Radar on-line

Os partidos de oposição em Minas Gerais se reúnem nesta semana para anunciar que entrarão com um pedido de impeachment contra o governador Fernando Pimentel.

Assim como a oposição faz com Dilma Rousseff no plano nacional, a ideia é pressionar o petista em duas frentes: um processo de impeachment no Legislativo e processos de cassação do mandato na Justiça Eleitoral –ele já responde a duas ações, uma no TSE e outra no TRE mineiro.

pimentel2

O TRE-MG está liberado para julgar o processo que pode culminar na cassação do governador mineiro Fernando Pimentel (PT). O caso estava paralisado porque o relator da ação contra o petista, juiz Wladimir Dias, respondia processo de suspeição por atuar na Corte em benefício do PT. O TRE, porém, decidiu manter Rodrigues Dias à frente do caso. Com informações de Veja.

Rodrigues Dias concedeu uma liminar em março suspendendo o andamento da ação que apura irregularidades eleitorais e que pode levar à inelegibilidade ou à cassação de Pimentel. Na decisão, o juiz alegava que o pedido do Ministério Público para cassação por abuso de poder econômico deveria ficar suspenso até o plenário do tribunal analisar em definitivo o processo de prestação de contas do petista ou até o TSE dar a palavra final sobre o caso. A decisão do relator de interromper a ação de investigação eleitoral levou o MP a contestar a imparcialidade do juiz e a acusá-lo de trabalhar como advogado do PT.

d’O Globo:

A casa da primeira-dama de Minas Gerais, Carolina Oliveira Pimentel, mulher do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, foi um dos alvos na manhã desta sexta-feira da Operação Acrônimo, da Polícia Federal, que tem como alvo empresários que doaram para partidos políticos na campanha de 2014. No total, 30 endereços de pessoas físicas e 60 empresas de Minas, Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal foram incluídas na operação.

Antes de se casar com Fernando Pimentel, Carolina trabalhava como sua assessora de imprensa do petista no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Ela era contratada por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), órgão vinculado ao ministério liderado, na época, pelo petista.