Tag

fora dilma

Browsing

Dilma Rousseff: 'Do I look happy, Mr Obama?'
Dilma Rousseff tentou faturar em cima das 18 prisões feitas pela Polícia Federal, incluindo-se presidentes e diretores de nove empreiteiras que tinham contratos de R$ 58,4 bilhões com a Petrobras e que estariam envolvidos no propinoduto da estatal: “Pela primeira vez, um governo investiga a corrupção”. E, habitualmente, jogou a culpa em governos de mais de 12 anos atrás.

Não é assim: o governo não está investigando nada. Quem investiga é o Ministério Público e a Polícia Federal, que estão em campo sem dar nenhuma informação ao Planalto. No caso da PF, o próprio ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, só sabe de alguma coisa quando aparece na televisão. A única ação de Cardozo foi mandar a PF investigar quatro de seus delegados que comandam a devassa na Petrobras, sob suspeita de serem aecistas.

Protesto_AM5

A entoar o mantra “Fora PT, fora Dilma, fora Lula, fora Gleisi”, o protesto de sábado à tarde, 15 de novembro, Dia da República, na Praça Rui Barbosa, em Curitiba, reuniu manifestantes convocados pelas redes sociais para protestar contra a corrupção no governo federal, sobretudo na Petrobras, e para pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Movimento mostrou reivindicações de todos os tipos, inclusive críticas ao prefeito Gustavo Fruet, mas o que uniu a todos foi o pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef.

sao_paulo_1

Um dia após as prisões de diversos executivos de empreiteiras suspeitas de participar do maior esquema de corrupção do Brasil, milhares de pessoas ocuparam as ruas de ao menos seis capitais para se manifestar contra o Governo federal e para pedir o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Os protestos já tinham sido marcados antes da operação desta sexta-feira que prendeu 23 suspeitos, entre eles um ex-diretor da Petrobras, mas ganhou fôlego após a ação da Polícia Federal.

“Queria saudar e parabenizar o juiz Fernando Moro, da Operação Lava Jato. O senhor está fazendo um excelente trabalho ao limpar o nosso Brasil dessa corja”, disse no carro de som um dos organizadores do movimento em São Paulo, onde cerca de 10.000 pessoas protestaram por quase três horas. O número é mais que o triplo do que os que protestaram no início de novembro.