Tag

fraga

Browsing

jacques-wagner-brasilia

Do Lauro Jardim:

Está em curso uma forte articulação no PT para fazer de Jaques Wagner, um dos petistas vitoriosos nestas eleições, o novo ministro da Fazenda, caso Dilma Rousseff se reeleja. A ideia conta com a adesão de Lula. Dilma tem bom relacionamento com o governador da Bahia.

Mas Wagner? Que ligação com a economia teria um ex-estudante de engenharia que nunca completou o curso?

O exemplo de Antonio Palocci, médico de formação, é lembrado entre os poderosos petistas que abraçam o movimento. Wagner, como Palocci, também é um habilidoso conversador, um predicado obrigatório para aparar as arestas com o setor produtivo.

Bernardinho-tecnico-da-selecao-brasileira-de-volei-durante-final-do-Mundial-na-Polonia-size-620-300x168

Do Lauro Jardim:

Aécio Neves desistiu de anunciar, conforme havia prometido, os nomes do seu ministério antes de as urnas se abrirem. Mas alguns são dados como certos por quem conversa com ele.

Antonio Anastasia ocuparia um superministério da Infraestrutura, que reuniria as atuais pastas da Cidade, Transportes, Portos, Integração Nacional e Minas e Energia. Bernardinho iria para os Esportes. José Serra vai para o governo, provavelmente para o Itamaraty.

Armínio Fraga, que todo mundo sabe para onde irá se Aécio for eleito, claro, esteve em Nova York na quinta-feira, 16, com a cúpula do J.P. Morgan tratando de sua saída da Gávea Investimentos, controlada pelo banco americano.

arminio fraga lauro jardim

Do Lauro Jardim:

A seletiva memória petista não é exclusividade da candidata-presidente. Eleito em 2002, Lula se saiu com essa para explicar a saída do hoje tão bombardeado Armínio Fraga da presidência do Banco Central:

– Não tenho nada contra ninguém. Acho o Armínio uma figura competente, mas nós nos elegemos prometendo mudança na política econômica e um outro rumo para o país.

Em 2005, o então ministro da Fazenda Antônio Palocci estendeu os elogios à política econômica de Fernando Henrique Cardoso e ao “colega” Pedro Malan, ministro da Fazenda de FHC.

– A mais importante reforma dessas quatro décadas foi a adoção do regime de metas para inflação, quando aqui esteve Armínio Fraga e, na Fazenda, o colega Pedro Malan (…) Sua implantação (do regime de metas), a partir de 1999, coroou uma nova fase de atuação do BC.

arminio-fraga- veja

Do Valor:

Chamado ao debate pela presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, o ex-presidente do Banco Central, Arminio Fraga, escolhido para ser o ministro da Fazenda de um eventual governo Aécio Neves, afirma que tal como proposto pela campanha do PT, tal comparação é “rasteira” e uma tentativa de “fugir do debate”.

O cerne da questão é recuperar a capacidade do país de crescer. “Para os salários continuarem a crescer, para os programas sociais continuarem a crescer, é preciso que a economia cresça”. Para ele, apesar de todos os progressos o Brasil continua a ser um país “tremendamente desigual”.

arminio fraga - e mantega

Hoje, a partir das 19h30, na Globo News, Miriam Leitão recebe Guido Mantega, ministro da Fazenda, e Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, para uma conversa sobre a economia brasileira e os desafios que o futuro presidente enfrentará. Aécio Neves (PSDB) já anunciou que, se eleito, Armínio Fraga será o ministro da Fazenda. Dilma Rousseff (PT), por sua vez, disse que, em caso de reeleição, Guido Mantega deixará o cargo.