Tag

guarapuava

Browsing

murilo hidalgo - foto valquir aureliano

Em Guarapuava, Fernando Ribas Carli e Dr. Antenor são os principais adversários do prefeito candidato à reeleição Cesar Silvestri Filho. É o que indica levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, do Murilo Hidalgo, no município. A pesquisa ouviu mais de 400 eleitores entre 7 e 8 de outubro deste ano.

Confira, a seguir, os números do estudo.

pepe richa - ribas carli

O secretário estadual de Infraestrutura, Pepe Richa, recebeu hoje (terça-feira, 20) a visita do deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB). Os dois trataram de investimentos e obras necessárias na região de Guarapuava, Campina do Simão, Manoel Ribas, Candói, Nova Tebas e Foz do Jordão e das obras de pavimentação da PR-459, entre Pinhão e Reserva do Iguaçu, e da conclusão da PR-364, em Inácio Martins.

gaievski

de Ivan Santos, Bem Paraná:

O desembargador Carvalho da Silveira Filho, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR), concedeu uma liminar a partir de um habeas corpus impetrado pelos advogados Elias Mattar Assad e Samir Mattar Assad, determinando a transferência do ex-prefeito e ex-assessor da Casa Civil, Eduardo André Gaievski, do presídio de Barracão para Guarapuava. Gaievski – está preso desde agosto de 2013, condenado por abusar sexualmente de menores – e havia sido transferido em novembro para Barracão por decisão da secretária de Justiça, Maria Tereza Uille Gomes. Ele é suspeito de aliciar adolescentes, oferecendo empregos na Prefeitura de Realeza, quando era prefeito da cidade.

rebeliao - penitenciaria

O governo do Paraná definiu, no início da noite de ontem, um pacote severo de medidas para conter a série de rebeliões que desde o início do ano se alastrou pelo sistema penitenciário do estado. Por meio de uma resolução (n.º 560/14), a Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) proíbe, a partir de hoje, que os presos rebelados sejam transferidos para outras unidades penais. Além disso, o governo formulou um anteprojeto de lei que obriga as operadoras de telefonia móvel a bloquear os sinais nas prisões do estado. Só neste ano, 4.647 celulares foram apreendidos com detentos paranaenses. As informações são da Gazeta do Povo.

foto - fernando parrancho - rpctv

Do G1 PR:

Após 48 horas, acabou a rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG), na região central do Paraná. O motim começou no fim da manhã de segunda-feira (13) e terminou por volta das 11h30 desta quarta-feira (15). Treze agentes penitenciários e diversos detentos foram feitos reféns, de acordo com a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) do Paraná. Até pouco antes do fim da rebelião, oito pessoas haviam ficado feridas, sendo cinco presos e três agentes penitenciários. Com o fim do motim, todos os agentes reféns foram encaminhados a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. O balanço final, como a contagem de presos, quantidade de feridos e estado de saúde de todos os envolvidos, ainda deve ser informado pela Seju.

Da Agência Brasil:

A Polícia Militar começou a negociar com os cerca de 80 presos que promovem uma rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava, no Paraná. O motim foi iniciado hoje (13), por volta das 11h30, por cerca de 80 dos 240 presos da unidade, na qual os presos trabalham e estudam.

Os presos conseguiram capturar 11 dos 18 agentes penitenciários que trabalhavam na prisão. Um deles foi liberado após ter sido queimado com cola quente, segundo a Secretaria da Justiça.