Tag

investimento

Browsing

energia - eol

Rio Grande do Norte concentra investimentos da companhia. As primeiras centrais entram em operação em janeiro.

de Cintia Junges, Gazeta do Povo:

Condicionada a um crescimento vegetativo no Paraná – em função de um mercado já definido e da limitação de novas fontes de energia no estado – a Companhia Paranaense de Energia (Copel) foi buscar a mais de 3 mil quilômetros de casa a oportunidade para diversificar sua carteira de geração. Em janeiro de 2015, entram em operação dois parques eólicos da companhia, o Santa Maria e o Santa Helena, ambos do Complexo Brisa Potiguar, no Rio Grande do Norte.

Do Painel, Folha de S. Paulo:

A nova equipe econômica de Dilma Rousseff vai reduzir o peso dos investimentos públicos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) nos projetos de infraestrutura do país. Nelson Barbosa assume o Planejamento com a tarefa de criar um ambiente mais favorável para o setor privado em suas concessões e parcerias. Auxiliares da presidente dizem que o governo será mais flexível na definição de taxas de retorno, com menos resistências à remuneração dos investidores.

Aliados de Dilma lembram que debates entre Arno Augustin, no Tesouro, e Gleisi Hoffmann, na Casa Civil, sobre o lucro do setor privado congelaram por meses projetos estratégicos de concessão do governo.

O governador Beto Richa afirmou hoje, em Rosário do Ivaí, na região central do Estado, que investir e realizar ações diretamente nos municípios é uma estratégia do governo estadual para disseminar o desenvolvimento e levar qualidade de vida aos paranaenses. “Meu compromisso é apoiar os municípios. São os prefeitos quem respondem pelas demandas mais imediatas da população e estão com dificuldades para cumprir essa função por causa da queda nos repasses do governo federal. O governo estadual está presente para minimizar os graves efeitos causados pela redução do dinheiro”, afirmou Richa.

Além de Rosário do Ivaí, Richa cumpriu agenda em Reserva e Imbaú, nos Campos Gerais. As ações do governo estadual nas áreas da saúde, educação, desenvolvimento urbano, habitação e agricultura nestes municípios são os temas dos encontros do governador com os prefeitos e comunidades. Os investimentos nas cidades da região somaram R$ 31 milhões.