Tag

joão

Browsing

paulo bernardo, joao arruda

Substituição na cota paranaense do alto escalão do governo de Dilma? Em Brasília, o PMDB se articula para tentar a nomeação do deputado federal reeleito João Arruda (PMDB-PR) para o Ministério do Turismo. Os peemedebistas acreditam que, se Arruda for escolhido Ministro, o sobrinho de Roberto Requião ocuparia uma lacuna deixada pelas iminentes saídas dos paranaenses Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da presidência), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Comunicações), que não continuará no ministério que comandou, entre outros motivos, por aparecer no núcleo central das investigações de desvio de dinheiro da Petrobras.

joao santana - pt

Do Lauro Jardim:

Dilma Rousseff tende, neste segundo mandato, a ficar menos devedora do PT e de Lula. Devedora, se tivesse que ser, seria de João Santana, um vitorioso incontestável desta eleição.

Santana soube desconstruir adversários – como ninguém, aliás. Mas também soube construir.

Num país com a economia estagnada, com indicadores preocupantes para 2015, com a crise energética batendo as portas, Santana conseguiu um milagre.

De acordo com o Datafolha de quarta-feira passada, o otimismo do brasileiro com a economia voltou aos índices de 2007.

Esse, sim, é o santo milagreiro da campanha petista.

joao_arruda_1811doze

De André Gonçalves, Gazeta do Povo:

A “virada” na disputa interna pela candidatura própria do PMDB somada ao empate técnico com Beto Richa (PSDB) no Datafolha e outras pesquisas qualitativas favoráveis fizeram o senador Roberto Requião (PMDB) acreditar que era o favorito para vencer a eleição no Paraná. “Naquele momento [começo de agosto], Requião achou que estava eleito”, diz o deputado federal João Arruda (PMDB), sobrinho do senador.

joao vaccari - neto

Painel, Folha de S. Paulo:

Acusado de receber propina de contratos da Petrobras, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, já foi nomeado quatro vezes por Lula e Dilma para o conselho da Itaipu Binacional. Ele está no cargo desde 2003.

Custo-benefício –
Cada conselheiro ganha R$ 20,8 mil e só precisa ir a seis reuniões por ano. Mercadante e o ex-governador gaúcho Alceu Collares, que deu a Dilma seu primeiro emprego público, também são do conselho.

LULA-BEBUM-copy

Na semana passada, Lula estava em Belo Horizonte desancando Aécio Neves e dizendo que “o negócio dele com mulher é partir para cima agredindo”. Misturava o tom dos debates com carta de uma psicóloga acusando o tucano de espancar mulheres. Depois, ressuscitou a história do bafômetro. João Santana tinha combinado: no SBT, Dilma deveria abordar os mesmos assuntos: ela entrou no episódio do transito e não topou a história de “espancar mulheres”. Achou que para uma Chefe do Governo pegava mal. Na Record, outra manobra estava combinada: esquentando o debate, ela deveria chorar (!) no terceiro bloco. E a presidente-candidata: “Não dá, é apelação demais!”