Tag

mercado

Browsing

paris - reuters

Polícia invade e mata terroristas na França, segundo agência.

Do G1:

Mais de 88 mil integrantes das forças de segurança participam das operações, segundo o Ministério do Interior.

Operações policiais quase simultâneas encerraram os dois sequestros que estavam em andamento na França. Os irmãos Kouachi, suspeitos do massacre do Charlie Hebdo, e um sequestrador que mantinha reféns em um mercado em Paris morreram, segundo a imprensa local. Os reféns foram libertados com vida, também segundo a imprensa. A polícia ainda não confirmou as informações.

wal3

de Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento, Banda B:

Os cinco rapazes que foram baleados na tarde desta quarta-feira (31) dentro do estacionamento do Hipermercado Walmart, da Avenida das Torres, limite do bairro Uberaba com Jardim das Américas, em Curitiba, morreram. Dois foram atingidos a queima roupa e morreram na hora, um terceiro faleceu dentro da ambulância e os outros dois feridos morreram na noite de ontem nos hospitais onde estavam internados. Há suspeita de que o crime tenha ligação com gangues da Vila das Torres.

aécio neves -veja

De Reuters:

Os mercados financeiros no Brasil reagiram com otimismo nesta segunda-feira ao resultado do primeiro turno das eleições presidenciais, após a votação do candidato da oposição Aécio Neves (PSDB) superar previsões e deixar mais acirrada a disputa com a presidente Dilma Rousseff (PT), que tenta a reeleição.

Analistas esperam que a volatilidade nos mercados siga elevada até a definição do segundo turno, no próximo dia 26.

De Mônica Bergamo, Folha de S. Paulo:

No café da manhã que tomou com investidores internacionais em Nova York, em encontro promovido pelo banco JP Morgan, há alguns dias, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso preveniu: “Não se iludam. A presidente Dilma Rousseff ainda pode vencer as eleições”. O mercado financeiro não esconde que torce fervorosamente contra a petista.