Tag

moro

Browsing

sergio moro - est

Responsável pela condução de processos decorrentes da Operação Lava Jato, o juiz federal Sérgio Moro se transformou nesta segunda-feira em um dos protagonistas da disputa presidencial. Foi atacado por petistas em documentação entregue à Procuradoria-Geral da República e ao Supremo Tribunal Federal, em Brasília. Ao mesmo tempo, foi celebrado por tucanos em um evento de campanha em Curitiba. As informações são do Estadão.

Gazeta do Povo

Sérgio Moro criticou insinuações de que houve vazamento do conteúdo do depoimento com objetivos eleitorais. O juiz explicou que as ações penais da Operação Lava Jato não estão sob segredo de Justiça e o conteúdo dos depoimentos desta semana não está relacionado com a delação premiada de Costa e Youssef. “Os depoimentos prestados na última audiência na ação penal pública não foram ‘vazados’ por esta Corte de Justiça ou por quem quer que seja. A sua divulgação, ainda que pela imprensa, é um consectário normal do interesse público e do princípio da publicidade dos atos processuais em uma ação penal na qual não foi imposto segredo de justiça”, anotou.

S

O juiz federal Sergio Fernando Moro, que investiga as ligações do doleiro Alberto Youssef, foi o mais votado na lista tríplice da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) como indicação para a vaga do ministro Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal. Moro recebeu 141 votos; os juízes Fausto De Sanctis, 134 e Leandro Paulsen, 123. Votaram 362 associados da Ajufe. A lista deve ser encaminhada para a presidente Dilma Rousseff. Para a Ajufe, a importância da escolha é que na atual composição do Supremo não há nenhum juiz federal de carreira.

Entre outros casos relevantes, Moro atuou nas investigações do Banestado e conduz atualmente as investigações envolvendo a Petrobras (“Operação Lava Jato”). Foi juiz instrutor do Supremo Tribunal Federal, tendo atuado como auxiliar da ministra Rosa Weber durante o julgamento do mensalão. Moro e De Sanctis têm livros publicados sobre o combate à lavagem de dinheiro e crimes financeiros. A escolha de ambos é uma indicação da importância que a Justiça Federal atribui ao combate à corrupção e ao crime organizado.