Tag

nelson justus

Browsing

justus2

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa aprovou ontem (quinta-feira, 23), por unanimidade, o relatório do deputado Missionário Ricardo Arruda (PSC) que decidiu rejeitar o ofício do Ministério Público como representação ou denúncia contra o deputado Nelson Justus (DEM). A alegação foram a inobservância das formalidades legais e ausência de tipicidade de conduta, além de não ter qualquer fato novo que pudesse fazer com que decisões anteriores do conselho pudessem ser revistos. As informações são do Bem Paraná.

de Rogério Galindo, Caixa Zero, Gazeta do Povo:

O parecer que pode decidir o futuro do deputado Nelson Justus (DEM) na Assembleia Legislativa foi encomendado para um dos principais criminalistas do país. José Roberto Batochio foi procurado pelo deputado Missionário Ricardo Arruda, sorteado como relator do caso de Justus na Comissão de Ética da Assembleia.

Batochio não é um completo estranho ao caso. Ele foi um dos responsáveis pela defesa de Abib Miguel, o Bibinho, quando estourou o caso dos Diários Secretos – escândalo “irmão” das atuais denúncias contra Justus.

Pelo que se sabe, o parecer absolve Justus. Pelo menos do ponto de vista do processo interno na Assembleia. O processo criminal que tramita na Justiça é outra coisa. No documento, o advogado defenderia que não há fatos novos desde que o caso de Justus foi analisado, e que não se pode punir o deputado por algo cometido em mandato anterior.

Justus é acusado de contratar mais de duzentos funcionários comissionados para seu gabinete na época em que foi presidente da Assembleia Legislativa. Além de o número ser dez vezes o permitido, desconfia-se que vários dos servidores na verdade eram fantasmas. O caso está sendo analisado no Judiciário e na Comissão de Ética.

(Colaborou o repórter Euclides Lucas Garcia).

Foto: Pedro de Oliveira missionario - foto pedro de oliveira

O presidente da Comissão de Ética da Assembleia, deputado Edson Praczyk (PRB), anunciou, agora pela manhã, que o relator que analisará a denúncia do Ministério Público contra o deputado Nélson Justus (DEM) será o deputado Missionário Ricardo Arruda (PSC). Praczyk disse que a escolha do relator foi uma decisão pessoal tomada depois de uma consulta aos integrantes da Comissão de Ética. Como ninguém se manifestou nem demonstrou interesse no cargo, Praczyk decidiu indicar o deputado Missionário Ricardo Arruda, que também é o corregedor da Assembleia.

nelson justus --

O deputado Nelson Justus (DEM) será reconduzido na presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa na próxima semana. A composição da CCJ e de outras 23 comissões permanentes será definida até a próxima quarta-feira, 11. O presidente do legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB), indica que a recondução de Justus na CCJ é consenso entre as lideranças dos partidos na Casa.