Tag

nelson meurer

Browsing

gleisi e 1

Senadora petista e deputado federal do PP, os dois do Paraná, estão em lista com 16 políticos – Suspeita é que dinheiro desviado da Petrobras serviu para abastecer campanhas de três partidos

Ederson Hising, O Diário de Maringá

Uma senadora e um deputado federal pelo Paraná estão na lista com outros 14 políticos e três partidos de uma varredura que será feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em pelo menos R$ 62,6 milhões de doações eleitorais declaradas à Justiça em 2010.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) teria recebido R$ 1,5 milhão das empreiteiras Camargo Corrêa e OAS. Já o deputado federal Nelson Meurer (PP) é suspeito de receber R$ 500 mil da construtora Queiroz Galvão. No trecho da petição da PGR ao Supremo Tribunal Federal (STF), que trata da senadora, pede-se para que a “autoridade policial” pesquise doações de empreiteiras recebidas por ela e pela sigla.

meurer1

Apontado pelos delatores da Operação Lava Jato como um dos principais beneficiários da distribuição de dinheiro no PP, o deputado federal Nelson Meurer, passou, entre a eleição de 2010 e a do ano passado, de um patrimônio de R$ 1,5 milhão para R$ 4,7 milhões. Descontada a inflação, o aumento real é de 137%. Na lista, estão R$ 762 mil guardados em casa ou em um cofre.Na declaração à Justiça Eleitoral em 2014, passaram a integrar sua lista de bens dois barcos, um jet-ski e mais três automóveis. As informações são da Folha de S. Paulo.

meurer - gleisi - spe.

O ministro Teori Zavascki, do STF, começou a enviar ontem (segunda-feira, 9) à Polícia Federal (PF) as autorizações de diligências solicitadas pela Procuradoria-Geral da República para apurar se os políticos mencionados nos inquéritos da Operação Lava Jato estão envolvidos em irregularidades. Do Paraná são três investigados – Gleisi Hoffmann (PT), Dilceu Sperafico (PP) e Nelson Meurer (PT) – mais o ex-ministro das Comunicações, Paulo Bernardo (PT), que prestará depoimento no inquérito aberto contra a sua mulher, Gleisi. Com informações da Folhapress.

gleisi e PB

A lista dos 54 políticos que serão alvo de inquéritos resultantes da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) só deve ser oficialmente divulgada na sexta-feira (6). No entanto, alguns nomes de possíveis investigados já circulam nos bastidores e, entre eles, há pelo menos três paranaenses: a senadora Gleisi Hoffmann (PT); o marido dela, o ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo (PT), e o deputado federal Nelson Meurer (PP). Os três foram citados como integrantes da lista pelo jornal Folha de S.Paulo. Reportagem de Katna Baran e Kelli Kadanus, com Folhapress/Gazeta do Povo.