Tag

Osmar Serraglio

Browsing

osmar-serraglio (2)

O deputado paranaense Osmar Serraglio (PMDB) se viu no olho do furacão nas últimas semanas ao presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados no processo que analisa a decisão do Conselho de Ética de recomendar a cassação do mandato de Eduardo Cunha (PMDB). Hoje, dias depois da CCJ ter rejeitado o recurso do ex-presidente da Câmara, Serraglio diz que foi feito justiça ao trabalho dele quando os integrantes da Comissão reconheceram que ele cumpriu o regimento. Ainda assim, a imagem do deputado foi afetada ao ser identificado durante o processo como aliado de Cunha. Se durante o processo, Serraglio sabia que sua imagem havia se desgastado, talvez, de forma irreversível, hoje avalia que soube reagir e que, com o tempo, todos saberão que ele agiu dentro da lei. As informações são de Denise Mello na rádio Banda B.

osmar-serraglio

O senhor teme que sua imagem tenha ficado prejudicada com o episódio?, perguntou a repórter Catarina Scortecci, da Gazeta do Povo, ao deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, acusado de protelar a votação do relatório de cassação do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “Ah, ficou. Tirou muito das minhas pretensões. Não adianta. Isso aí fica na internet, na rede social. E toda vez que eu aparecer, a primeira coisa que vão mostrar é gente gritando “vergonha”, gritando “golpe”… Isso nunca apaga, nunca apaga. Vocês não sabem o que isso significa para um parlamentar. Eu, sinceramente, talvez não saia mais candidato a nada, em virtude disso”, respondeu Serraglio.

serraglio-cunha

Na Câmara dos Deputados, o presidente da CCJ, Osmar Serraglio (PMDB-PR), decidiu antecipar em um dia a sessão de votação dos recursos do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – última cartada para tentar reverter o processo de cassação. A ideia era marcar a votação para terça-feira, 12, mas Serraglio acatou a proposta de agendar o encontro para segunda-feira,11. Dessa forma, se a votação for concluída neste mesmo dia e as manobras de Cunha forem rejeitadas, a ação por quebra de decoro pode ser votada em plenário já na próxima semana. As informações são de Marcela Mattos na Veja.

serraglio1

O deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) disse que o povo não quer privatizar a Petrobras, como aponta os críticos ligados ao petismo, só não quer vê-la assaltada. “Pelo contrário, o ‘exército’ é convocado para combater nas ruas os ‘críticos’ da Petrobrás, confundindo-se os fatos: o povo não se levantou contra nossa maior empresa, mas contra os que a corrupção que a está demolindo. Não se deseja privatizá-lá. O que não se quer é vê-la assaltada”, disse Serraglio no lançamento da Agenda Institucional do Cooperativismo nesta quinta-feira, 27, em Brasília.

ser

Rocha Loures, candidato a deputado federal pelo PMDB, fez votação pífia e não se elegeu. Apesar de todo o esforço e recursos extraordinários que lhe permitiram até mesmo algumas alianças heterodoxas, como a que fez com Ratinho Jr e Ratinho pai, dupla de generais da campanha de Beto Richa.

Enquanto isso, Osmar Serraglio se reelegia deputado federal com cerca de 120 mil votos, mesmo com os boicotes da turma de Rocha Loures ao serviço de Requião. Serraglio foi deposto por Requião e Rocha Loures num golpes de mão, fracassaram em todas as frentes, não estaria na hora de devolver a direção do partido aos vencedores? É a pergunta que não quer calar nos arraiais do PMDB.