Tag

palestra

Browsing

moro fiep

Evento promovido pelo Sistema Fiep e CIFAL Curitiba, que acontece no dia 10 de março, traz nomes como William Waack e o juiz Sergio Moro na programação. As inscrições já estão esgotadas.

Quais medidas são as mais eficazes para se combater a corrupção dentro das empresas? Qual o novo cenário – e mudanças – que a Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013) trouxe ao país? Essas são algumas questões que serão debatidas no 2º Fórum Transparência e Competitividade, que acontece no dia 10 de março, promovido pelo Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e pelo Centro Internacional de Atores Locais para a América Latina (CIFAL) Curitiba. Entre os palestrantes convidados, estão o jornalista William Waack e o juiz federal Sergio Moro, que encerra o evento, com a palestra “Corrupção, empresas e controle”. As inscrições já estão esgotadas.

Lula, Dilma, Porto Alegre, água, palestra, ex-presidente

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Durante ato pelos dez anos de governo do PT, anteontem em Porto Alegre, Lula discursava quando quis tomar água, mas não encontrou garrafas no palanque.

Brincando, virou-se para Dilma Rousseff, que estava sentada à mesa de autoridades, e disse no microfone:

— Dilma, você se cuide, porque um dia você também vai ser ex-presidente. Quando eu era presidente, só faltava me afogar de tanta água que me davam… Agora vou trazer minha própria garrafinha!

Dilma caiu na gargalhada e se serviu de água, que estava à sua disposição.

Marina Silva, Marco Feliciano, defende, Unicap, palestra

Do Diário de Pernambuco:

A virtual candidata do novo partido Rede Sustentabilidade à Presidência da República nas eleições de 2014, a ex-senadora Marina Silva saiu em defesa do atual presidente da Comissão de Direitos Humanos, o deputado e pastor Marco Feliciano (PSC). Na noite desta terça-feira (14), diante de um auditório repleto de estudantes na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), a ex-verde declarou que o parlamentar estava sendo “hostilizado mais por ser evangélico do que por suas declarações equivocadas”.

“Não gosto como este debate vem sendo conduzido (legalização do aborto e casamento gay). Hoje, se tenta eliminar o preconceito contra gays substituindo por um preconceito contra religiosos”, defendeu. Segundo ela, Marco Feliciano entra neste “jogo de injustiças”, e claro, pode se tornar uma das vítimas nesta inversão de valores. “Feliciano está sendo mais hostilizado por ser evangélico que por sua declarações equivocadas”, completou, afirmando ainda que gostaria que um ateu fosse julgado pelo que disse e não pelo fato de ser ateu.