Tag

panfletos

Browsing

“Para tentar confundir o eleitor, na manhã desta sexta-feira, centenas de panfletos mentirosos foram jogados nas ruas do centro de Paranaguá, afirmando que o candidato a deputado federal pela “Coligação Paraná Sempre em Frente”, José Baka Filho (PDT) estaria fazendo dobradinha com o candidato a deputado estadual Marquinhos Roque. O que nos parece é que o candidato está querendo tirar proveito do amplo conhecimento do nome Baka, em Paranaguá.

Esses panfletos apócrifos provam que os opositores estão com medo de enfrentar Baka nas urnas, pois ele é o candidato mais experiente, bem preparado e um dos favoritos para ocupar uma cadeira na Câmara Federal.”

Assessoria – José Baka Filho

santinhos chão - foto G1

A exemplo do que já fez em anos anteriores, o deputado estadual Ney Leprevost está lançando campanha nas redes sociais contra a tradicional “forração” de santinhos no chão das cidades na madrugada que antecede a eleição.

Como secretário-geral do PSD, o parlamentar também está orientando aos candidatos de seu partido para que sejam rigorosos com seus cabos eleitorais, determinando que não utilizem esta prática que suja as cidades e entope os bueiros.“Sei que o controle é difícil, mas temos que tentar. Esta é uma prática política atrasada, poluidora e ineficiente”, afirma Ney.

Nas eleições de 2012, a Prefeitura de Curitiba recolheu cinco toneladas de santinhos nas ruas da cidade. Uma equipe de 500 garis foi necessária para limpar a capital paranaense.

dilma foto o globo

Do Globo:

O PSDB anunciou que vai entrar na segunda-feira com ação por abuso de poder político no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a presidente Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, pelo uso dos Correios para a distribuição de panfletos eleitorais. Nesta sexta-feira, o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) fez uma representação na Procuradoria da República do Distrito Federal contra Dilma, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, e o diretor regional da empresa no interior paulista, Divinomar Oliveira da Silva. O tucano quer que os três sejam processados na Justiça comum por improbidade administrativa.

Segundo reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, foram entregues em São Paulo 4,8 milhões de panfletos sem a chancela dos Correios. Segundo Sampaio, a atitude de Dilma e dos dirigentes dos Correios fere os princípios constitucionais da moralidade e da impessoalidade. Para o deputado, a quantidade postada é muito alta e tem o potencial para afetar a legitimidade das eleições. Conforme a análise do tucano, cada panfleto foi entregue em um endereço e, portanto, deverá ser lido por mais de uma pessoa.

dilma correios

Do Estadão:

Os Correios abriram uma exceção para o PT e distribuíram em São Paulo panfletos da presidente Dilma Rousseff sem chancela ou comprovante de que houve postagem oficial. A estampa, prevista em norma própria da estatal, serve para demonstrar que houve pagamento para o envio, de forma regular, da propaganda eleitoral. Sem ela, é difícil atestar que a quantidade de material distribuído corresponde ao que foi encontrado pelo partido. O número declarado de panfletos distribuídos sem chancela dos Correios foi de 4,8 milhões.

A exceção para os petistas foi aberta a partir de um comunicado interno dos Correios em São Paulo, no qual a empresa autoriza, em caráter “excepcional”, a postagem dos folders na modalidade de Mala Postal Domiciliária (MPD). A Diretoria Regional Metropolitana, responsável pleo aval, atribui a medida a um problema na impressão dos quase 5 milhões de peças. O órgão é chefiado por Wilson Abadio de Oliveira, afilhado político do vice-presidente da República, o peemedebista Michel Temer.

paulo e nilton

Hélio Lucas

As costumeiras presepadas armadas nos períodos eleitorais na fronteira já deram o ar da (des)graça. O que vou contar iniciou-se na noite do último domingo (3) quando pessoas alertaram sobre a distribuição de panfletos com as fotos do Nilton Bobato (PCdoB), candidato à deputado federal; Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) e Jorge Samek (PT), tecendo propaganda negativa à pessoa do prefeito Reni Pereira (PSB). O panfleto veiculou acusações caluniosas, difamatórias e injuriosas ao prefeito de Foz, razão pela qual peticionou-se ao TRE que, de pronto, deferiu o pedido de busca e apreensão do material, que foi cumprido pelos servidores da 204 Zona Eleitoral de Foz do Iguaçu. Mais de 200 exemplares foram apreendidos na sede do comitê de Bobato e o restante no diretório do PCdoB.

Detalhe: Uma boa quantidade destes panfletos foram distribuídos na Igreja Evangélica frequentada pelo casal Reni Pereira e sua esposa Claudia Pereira. Estima-se que mandaram fazer 100 mil exemplares. Não se sabe ao certo.

Às providências no âmbito eleitoral foram tomadas, na sequencia serão propostas ações criminais contra o Nilton Bobato e Paulo Mac Donald, quanto ao Samek não foi representado posto que, suas declarações no panfleto, não continham ilicitudes. Por enquanto não vão mexer com o Samek.