Tag

partido

Browsing

dalton moro

do Angelo Rigon

Entre as muitas mentiras espalhadas na internet a respeito do juiz federal Sergio Moro está a de que seu pai, o professor Dalton Áureo Moro (1943–2005) – autor de Maringá, espaço e tempo, um livro considerado essencial para entender a cidade – foi fundador do PSDB de Maringá.

Não é verdade.

Confirma o empresário Pedro Vier, que estava na fundação do partido e foi vice de Georges Khoury (falecido em 2007, aos 71 anos) e presidente do partido em 1992, que Dalton não tinha vínculos com partidos políticos.

romanelli - alep

O deputado Luiz Claudio Romanelli confirmou nesta terça-feira, 1º de março, seu desligamento do PMDB. “Vou para o PSB, já está confirmado”, disse. Devem acompanhar Romanelli, os deputados Alexandre Curi, Artagão Junior e Jonas Guimarães, além do ex-deputado Stephanes Junior – todos do PMDB. Os cinco deputados vão convocar na próxima semana uma coletiva para expor os motivos da saída do PMDB. Acompanham a filiação dos deputados rumo ao PSB, outros 150 prefeitos, vice-prefeitos e vereadores peemedebistas. Romanelli é um dos fundadores do PMDB do Paraná.

traiano e rossoni

“O Rossoni não deixa a sigla. Estive com ele ontem, conversamos longamente, como ele também conversou com o governador Beto Richa. Permanecerá no PSDB, certeza absoluta”, disse o deputado Ademar Traiano, presidente estadual dos tucanos, na Folha de Londrina desta quarta-feira,24. A imprensa especulava que o deputado Valdir Rossoni aproveitaria a janela partidária para sair do PSDB.

A respeito das ‘deserções’ já anunciadas de Alvaro Dias e Alfredo Kaefer, Traiano diz que a saída do senador e do deputado se deu em função das conjunturas nacional (Alvaro intenta disputar a presidência da República) e local (de Kaefer em Cascavel). “Mas no mais, teremos novidades na sequência. Temos prazo até o dia 18 e isso tudo está sendo trabalhado” , disse Traiano.

Em coletiva à imprensa, o deputado Luiz Claudio Romanelli avalia sua saída do PMDB e as diferenças atuais entre os deputados do partido e atual direção do PMDB-PR. Romanelli atenta que resolução do TSE determina que os diretórios devem ser eleitos em convenção e os candidatos a prefeito indicados por comissões provisórias terão as candidaturas impugnadas. As informações são do Paraná Portal.

silvio barros - maringá

Pré-candidato à prefeitura de Maringá em 2016, Silvio Barros ainda não decidiu qual será seu novo partido. Após deixar o PHS, foi convidado por Claudio Ferdinandi, vice-prefeito de Maringá, para o PMDB. O tucanato também sondou o ex-prefeito maringaense, além de outros partidos que demonstraram interesse em lançá-lo à prefeitura. Nada certo por enquanto. A decisão de Silvio Barros deve ser anunciada somente em abril. Vale lembrar, Barros deixou o PHS pelas iminentes dificuldades de disputar a prefeitura pela legenda. Pouco tempo de televisão e participação incerta em debates foram alguns dos motivos.

cida borghetti-pros

A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, anunciou, nesta quinta-feira (4) a desfiliação do PROS (Partido Republicano da Ordem Social) devido às mudanças no comando do partido no Paraná e as proximidades das eleições municipais. Cida Borghetti telefonou ao presidente nacional da legenda, Eurípedes Júnior, e agradeceu “a confiança e a parceria da executiva nacional”.

paulohmartins2

O jornalista Paulo Martins está em alta. Depois de fazer mais de 60 mil votos para Deputado Federal nas eleições de 2014, seu nome ficou em evidência no cenário político nativo. Convites de partidos e projeções para as eleições do ano que vem não faltam. A seguir, a resposta de Martins aos que consideram que ele deveria sair do PSC:

“Me criticam por eu ser filiado ao PSC. Deveria ir para outro partido, dizem. Pois bem, convido você a uma reflexão. Se eu fosse para o DEM, aqui no Paraná eles apoiam o Richa e você me criticaria por isso. Se eu fosse para o PSDB, você também me criticaria por motivos óbvios. Se fosse para o PMDB, você também me criticaria por estar com Cunha, Requião, Temer e por ter dado sustentação ao PT. Para o PSB, me criticaria por ser base do PT.

Pois, pois, a janela da infidelidade, que vai permitir a mudança de partido, sem perda de mandato, é esperada ansiosamente por políticos nativos de todas as cores e ideologias. Conta uma fonte do blog que a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa poderá passar por um processo de lipoaspiração. “Pelo menos quatro deputados, mais alinhados ao Governo Beto Richa (PSDB), poderão deixar o reduto dominado desde sempre pelo Requião”. O destino desta turma toda, ainda segundo a fonte, deverá ser o PSB, que hoje conta com apenas dois parlamentares – Gilberto Ribeiro e Tiago Amaral.

lula1344

Claudio Humberto:

Com pesquisas internas apontando que a tendência é o PT sofrer nas eleições municipais de 2016 a maior derrota desde a sua fundação, a cúpula do partido ouviu de Lula a orientação de começar a negociar alianças para “humildemente” se transformar na linha auxiliar em coligações partidárias. O PT pretende assumir o papel meramente de coadjuvante, desempenhado hoje por aliados como PMDB, PP e PR.

Em sua nova fase “humilde”, tipo “paz e amor”, o PT vai se preparar para postular no máximo o lugar de vice, nas chapas para prefeito. As pesquisas só foram apresentadas a três dirigentes do PT e a Lula – o que pode explicar o nervosismo dele, em suas últimas aparições. O PT somente tentará assumir a cabeça de chapa, nas eleições do próximo ano, em municípios onde não haja risco de derrota. O PT tentará retomar a defesa dos bons costumes políticos e, ao contrário da sua atitude no mensalão, promete expulsar os corruptos.