Tag

plauto

Browsing

paranhos-2

A seis meses do início da campanha das eleições de outubro, pelo menos 17 deputados estaduais podem disputar o comando de municípios em suas bases de atuação. Em Curitiba, a eleição poderá contar com a participação do maior número de deputados caso Ratinho Jr confirme sua candidatura pelo PSC.

Além de Ratinho, cinco deputados já anunciaram a intenção de participar da corrida pela sucessão de Gustavo Fruet (PDT): Maria Victória (PP), Requião Filho (PMDB), Tadeu Veneri (PT), Mauro Moraes (PSDB) e Ney Leprevost (PSD).

Cascavel e Ponta Grossa poderão contar com três deputados candidatos. Em Cascavel, já anunciaram a intenção de disputar a sucessão de Edgar Bueno (PDT), os deputados Leonaldo Paranhos (PSC), Márcio Pacheco (PPL) e Professor Lemos (PT). Em Ponta Grossa deverão disputar a sucessão de Marcelo Rangel (PPS), os deputados Márcio Pauliki (PDT), Péricles de Mello (PT) e Plauto Miró (DEM).

deputados mais influentes - caixa zero

do Rogério Galindo, Caixa Zero, Gazeta do Povo:

A Assembleia Legislativa tem 54 deputados. Todos têm o mesmo mandato. Mas nem todos têm a mesma influência. Assim como no Congresso Nacional, existe o baixo clero, que apita pouco e obedece muito. E tem o alto clero, que são os deputados que realmente decidem os rumos da Casa.

Nas últimas legislaturas, a lista do alto clero já inclui nomes como os de Nelson Justus, Hermas Brandão e Valdir Rossoni.

A lista mais provável da nova legislatura, segundo quem entende do assunto, é essa que segue:

opinioes_81014

Da Gazeta do Povo:

O início precoce da disputa pela presidência da Assembleia Legislativa do Paraná para o biênio 2015-2016 reacendeu um polêmico tema que parecia enterrado: o plano de aposentadoria complementar dos deputados. A criação do fundo, que é questionada no Supremo Tribunal Federal (STF), depende apenas do aval do presidente da Casa para sair do papel. E já há parlamentares que condicionam o voto no ano que vem à promulgação da proposta. “Ninguém será eleito sem assinar o plano de previdência”, resume um deputado.